Educação e Cultura

2016 ficará marcado na história do grupo Karolinka de São Mateus do Sul

Ao longo dos seus quase 25 anos de existência, o grupo folclórico polonês Karolinka passou por altos e baixos. Fases de glórias e dificuldades fizeram a história do grupo, que batalha para preservar as tradições polonesas em São Mateus do Sul.

O ano de 2016 pode ser considerado um ano de glória. Com dinamismo e uma organização arrojada, o Karolinka se destacou dentre os grupos poloneses do Brasil, ao participar de festivais e apresentações, promover eventos e lançar o livro “Os Caminhos da Tradição – 25 Anos do Grupo Folclórico Polonês Karolinka” produzido através do projeto “Tradição em Movimento”, patrocinado pela Petrobras e Governo Federal. O lançamento do livro ocorreu em maio deste ano e contou com a presença do Consul Geral da República da Polônia, além de autoridades, ex-dançarinos e familiares.

No mês de julho, o Karolinka realizou a II Mostra de Folclore Polonês em São Mateus do Sul, com a participação especial do “Zespól Pie?ni i Ta?ca Ziemia Bydgoska” da Polônia. Mais de 100 bailarinos subiram ao palco para apresentar as riquezas do folclore polonês para as 1100 pessoas que lotaram o salão paroquial para prestigiar o evento inédito.

Uma semana depois, o grupo folclórico retornou ao palco do maior festival de danças do mundo, o Festival de Danças de Joinville. Com a coreografia Krakowiak, o Karolinka dividiu o palco com diversos grupos folclóricos do Brasil e do Paraguai.

Já em agosto, durante as “Olimpíadas Rio 2016”, o grupo de dança e coral participou das atividades promovidas pelo Comitê Olímpico Polonês na “Casa Polônia” no Rio de Janeiro. Para o espetáculo, estavam presentes autoridades polonesas, atletas e comunidade polaca do Rio de Janeiro. Durante o evento, representantes do grupo Karolinka foram homenageados pelo Comitê Olímpico Polonês, pelos anos de trabalho dedicados à comunidade polonesa.

Em novembro, participou do festival de folclore da Colônia Murici em São José dos Pinhais. O evento, que não era realizado havia mais de sete anos, reuniu grupos poloneses da região sul do Brasil, estreitando os laços entre os folcloristas.

Para finalizar o ano de 2016, o Karolinka fez apresentações em formato inédito, ao participar da programação do “III Festival Gastronômico de São Mateus do Sul”, com pequenas apresentações em alguns estabelecimentos participantes do festival.

Para Iris Janoski, coordenadora do projeto “Tradição em Movimento”, patrocinado pela Petrobras e Governo Federal, o ano de 2016 foi especial: “Começamos a colher os frutos do que o Karolinka plantou ao longo dos anos. Foi um ano de crescimento global. Crescemos em número, com mais de 90 participantes diretos; em visibilidade, levando o nome de São Mateus do Sul para diversas cidades e estados; e em organização, realizando eventos inéditos em prol da comunidade polonesa”. Para o diretor geral do Karolinka, Irio Janoski, fica o sentimento de dever cumprido: “2016 se encerra com a certeza de que estamos no caminho certo. O reconhecimento que tanto esperávamos começa a chegar. Que 2017 traga mais coisas boas para o grupo e para São Mateus”.

O Grupo Folclórico Polonês Karolinka deseja a todos um excelente Natal e um próspero ano novo.

Redação

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Educa Mais Brasil: abertas as inscrições para bolsas de estudo no Paraná
Alunos do curso de Química debatem sobre a criação de uma usina nuclear em uma cidade hipotética
Colégio Estadual São Mateus: 95 anos de história