Queridos leitores! Para este ano de 2021, teremos algumas novidades referentes à história de São Mateus do Sul. Estarei apresentando dentro da coluna Um olhar para o passado, outras abordagens históricas, além das fotografias. Causos, saberes, efemérides, poesias, fotografias de objetos antigos, biografias de personagens (agentes históricos) e muitas outras memórias que despertam a curiosidade daqueles, que, como eu, adoram conhecer um pouco mais sobre o passado são-mateuense. Mesmo assim, as fontes históricas selecionadas, envolvem escolhas difíceis, considerando que, o que tem importância para um nem sempre é relevante para o outro. É o risco que corremos, quando nosso trabalho com a pesquisa histórica torna-se público. São novos desafios!

Teremos um espaço dedicado aos retratos de famílias do nosso município, agora também provenientes de acervos particulares. Na carona dos retratos, os leitores poderão enviar causos, curiosidades, fotografias, que poderão ser selecionados para publicação no jornal. O conceito de documento na área de História, mudou muito, pois, além de documentos escritos (oficiais ou não), fazem parte desse rol, objetos, imagens, monumentos, lugares de memória e tudo mais que possa ser considerado como um indício do passado. Ainda, trechos de livros que falam sobre nosso município, propagandas, panfletos, recortes de jornais antigos, pois, todos estes “recortes” do passado, são fontes para a História.

Portanto, para que possamos reencontrar juntos o tempo perdido, trazendo de forma nostálgica alguns acontecimentos do passado de São Mateus do Sul, vamos diversificar a forma de apresentação da coluna. Segue número de WhatsApp para envio de materiais: (42) 98866-4108. Para começar o ano, com chave de ouro, uma belíssima imagem do nosso antigo porto fluvial, no rio Iguaçu. Acervo Casa da Memória Padre Bauer. Óleo sobre tela. 50cm x 40cm. Barranca do Rio Iguaçu – Rua Barão do Rio Branco – 1932”. Autoria e data da tela não identificadas.

Um grande abraço, feliz 2021!

Últimos posts por Hilda Jocele Digner (exibir todos)

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Emílio Carlos Prohmann e a energia elétrica
Guilherme Kantor e o transporte coletivo em São Mateus do Sul
Fotografia do tiro de guerra são-mateuense