Hoje a família Resgate Gaúcho conta com mais de 120 alunos. (Fotos: Acervo Pessoal)

O feriado de 15 de agosto foi de muita festa para o grupo de dança Resgate Gaúcho, que comemorou 4 anos de atividades em São Mateus do Sul. Mencionado entre os membros como “Família Resgate Gaúcho”, a primeira aula realizada pelo grupo foi no dia 22 de agosto, reunindo no primeiro encontro 12 alunos. Hoje a Família possui mais de 120 crianças e jovens apaixonadas pela cultura gaúcha.

Fundado por Diego José Vaz Popoaski e Ingrid Ramos, o grupo foi responsável por mudar a vida de muitos jovens. “Sou grata aos professores pela oportunidade de todos os sábados poder encontrar na dança uma forma de me desconectar do mundo digital, fazer novas amizades e de me sentir mais segura comigo, pois tive que superar minha timidez em frente ao público”, comenta a dançarina Nicolly Ribas, que participa do grupo desde sua criação.

A jovem relembra que no início os alunos ensaiavam as danças com roupas do dia a dia, pela falta da indumentária gaúcha. Com o passar do tempo o trabalho do Resgate ficou cada vez mais conhecido e o grupo foi convidado para apresentações. “Com a união de todos conseguimos elaborar um traje e confeccioná-lo. Ao longo desses 4 anos participando, vivenciei todos os obstáculos que tivemos para chegar até aqui, aprendi a nunca desistir pois todo sonho é possível se houver união e esforço de todos”, diz Nicolly.

Primeiras aulas realizadas pelo Resgate Gaúcho, que contava com a participação de 12 alunos.

O primeiro ritmo ensinado para os alunos foi a vaneira, com apresentação realizada na comunidade de Estiva, local que o grupo se apresenta anualmente. “A evolução do Resgate foi gigante, não só em danças e número de alunos, mas também no amor pela tradição gaúcha”, afirma o aluno Gabriel Mayer Karolkiewicz, participante desde o início. O jovem comenta que hoje o número de ritmos aumentaram, intensificando a variedade da cultura. “Nesses 4 anos de história vejo que o amor pelas danças, cultura e pelos nossos professores não diminuíram, apenas aumentam cada vez mais. Me orgulho em dizer que o Resgate Gaúcho é a minha família que há 4 anos estou.”

Todo orgulho e admiração pelos alunos é estampado no rosto dos professores, que dedicam atenção voluntária todo sábado durante as aulas. “O meu recado para todos os ‘filhos’ é que eles nunca desanimem! Que eles continuem assim, talentosos e defendendo a família mais gaúcha de São Mateus com unhas e dentes. Eles são os melhores alunos do mundo”, afirma Diego.

Setembro Gaúcho

Para intensificar o amor pela cultura, o grupo realiza o Setembro Gaúcho com diversas atrações feitas especialmente para os alunos. Confira o cronograma para 2019:

Abertura dia 31 de agosto na 2ª Roda de Chimarrão (dedicada aos pais e a abertura do mês farroupilha);
Dia 7 de setembro: avaliação tradicionalista (conteúdo no qual os alunos divididos em grupos pesquisaram ritmos tradicionalistas e aprenderam sozinhos, além da criação de uma coreografia para cada abertura de apresentação);
Dia 14 de setembro: gincana gaúcha, com três equipes este ano, que realizarão provas voltadas para a área da cultura gaúcha bem como brincadeiras tradicionais de gincana;
Dia 21 de setembro: participação no desfile cívico e também apresentações na parte da tarde;
Dia 28 e setembro: espetáculo gaúcho com apresentações voltadas as famílias e apresentação de outros grupos;
Durante o mês haverá também uma prova de conhecimentos gaúchos como é feita todos os anos, além da divulgação do projeto em algumas lojas da cidade.

Faça parte do Resgate Gaúcho

Os interessados em matricular os filhos nas aulas gratuitas do Resgate Gaúcho podem estar participando de uma aula experimental para conhecer de perto todo o trabalho. As aulas acontecem todo sábado no Colégio Estadual São Mateus, das 16h às 18h. crianças de 8 à 18 anos podem estar participando. Mais informações no telefone (42) 98809-4718, falar com Diego.

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
São-mateuenses realizam o primeiro dia do Enem
Estão abertas as matrículas na rede estadual de educação do Paraná
Grupo Resgate Gaúcho organiza Roda de Chimarrão em homenagem ao Dia das Mães