Administração e Negócios

A importância das metas para os negócios

Imagem Ilustrativa

Imagem Ilustrativa

É comum falar em metas nas empresas. No mundo dos negócios as metas sempre existiram, pois, todo trabalho é realizado com o objetivo de obter lucratividade dentro de um determinado prazo.

Pode-se dizer que sem metas as empresas atuam de maneira desorientada, não sabendo quanto produzir ou vender, e muitas, nem como atuar. Ao mesmo tempo ficam vulnerável ao competir com concorrentes que possuem objetivos bem definidos.

As metas valem para todos os setores e para qualquer ramo de atividade, e podem ser relacionadas a vendas, produção, expansão ou outro alvo pretendido.

Uma vez estipuladas elas afetam as decisões do empresário ou do gestor, pois as mesmas apontam para onde se pretende chegar, e fazem os responsáveis pensar em providências a serem tomadas para que elas sejam atingidas.

Entretanto, coloca-las em prática requer disciplina e maturidade de todos os envolvidos, caso contrário podem se tornar um meio de frustações quando não forem alcançadas.

Ao definir uma meta, ela precisa ser criteriosa e específica para que gere bons resultados.

Imagine que o dono de uma loja de varejo deseje aumentar suas vendas. Primeiramente com base em seus controles e informações ele irá definir uma porcentagem de crescimento, e também em quanto tempo pretende chegar no novo patamar. Ele poderá definir o crescimento esperado para um ano, para um semestre ou para um mês, por exemplo.

Isso feito, ele terá a necessidade de monitorar e medir o desempenho das vendas ao longo de tempo para verificar se tudo está indo a contento. Para tanto, os números são a melhor opção de régua, onde é possível comparar com dados de períodos anteriores e então fazer uma projeção daquilo que se pretende alcançar. É de extrema importância que as informações da empresa estejam sob controle e documentadas.

Sem o devido monitoramento ficará impossível saber se as coisas caminham conforme pretendido.

É importante ressaltar que a meta precisa ser atingível. Arbitrar a expectativa para um nível que não condiz com a realidade da empresa fazendo com que seja inatingível, certamente acarretará em reflexos negativos. Mas também não pode ser fácil demais, pois não será encarada com um desafio. Nos dois casos ocorrerá o desestímulo para os envolvidos. Portanto, conhecer o seu negócio e também o mercado de atuação e suas possibilidades é obrigatório para a definição de uma meta plausível e passível de ser monitorada, controlada e alcançada.

Estabelecer metas condizente com a realidade da empresa, além de gerar a possibilidade de crescimento e impedir a estagnação do negócio, fará com que o empresário passe a planejar suas ações e recursos necessários para os feitos, e como já sabemos, o planejamento é um elemento indispensável para uma boa gestão.

Nos encontramos na próxima edição! Bons Negócios.

Últimos posts por Eleandro Soares (exibir todos)

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Programa de retenção de talentos
Administração Financeira
A hierarquia das necessidades