Administração e Negócios

A importância de saber ouvir o cliente

Imagem Ilustrativa

Imagem Ilustrativa

Saber o que o cliente realmente quer é um fator determinante para criar uma boa relação e também garantir produtividade para a empresa em que atua, e o caminho mais assertivo para conseguir esse feito é saber ouvi-lo com atenção.

No entanto, isso não é tão simples quanto parece. Saber ouvir com atenção não é apenas se manter com a boca fechada enquanto alguém fala, mas sim ter a capacidade de livrar-se de todo preconceito e ter a sensibilidade para se colocar no lugar daquele que está falando.

Em um dos trabalhos que desenvolvi, sempre comentava com a equipe que todo cliente chega até nosso estabelecimento com um problema, e cabe a nós resolve-lo. Daí a importância de estar preparado para esse momento.

É na hora do atendimento que o cliente manifesta sua intensão, e estar profissionalmente preparado para ouvi-lo significa dar importância ao que ele busca, independente de tamanho ou valor.

Quando um cliente é atendido por uma pessoa que está ali apenas para cumprir sua obrigação, sem a devida motivação e vontade de ouvi-lo e ajuda-lo, é certo que essa abordagem acabará matando o interesse do cliente, que além de não ter seu problema resolvido, terá bons motivos para ir até o concorrente.

Como a empresa necessita de clientes para sua subsistência, não se pode minimizar a importância de seu problema, e assim deixar de satisfazer suas vontades apenas por não saber ouvi-lo.

Podemos facilmente identificar nossa falta de atenção em ouvir quando um cliente nos direciona algumas palavras e rapidamente nos colocamos a pensar no que iremos responder. Ao darmos maior importância para nossa resposta, acabamos por não absorver a mensagem transmitida, e então não conseguimos compreender a real necessidade do cliente. Deixe que a pessoa fale, mas atente-se a cada palavra.

Ter a mente aberta para receber ideias é uma ótima forma de aprender a ouvir com atenção. Quando uma pessoa está totalmente fechada para novas ideias, ao receber uma mensagem, acabará escutando aquilo que quer ouvir, e não aquilo que está sendo dito.

É bem verdade que a cada cliente, saber identificar suas necessidades e desejos é um desafio. Assim como é possível abordar pessoas bem-humoradas, que sabem exatamente o que querem, é comum o encontro com clientes mais exigentes ou ainda, cliente confuso e indeciso. Nesse caso, ouvi-lo atentamente permitirá uma relação harmoniosa, onde será possível influencia-lo de modo a contribuir no esclarecimento e na escolha.

Para tanto, além de ouvir atentamente o que está sendo dito pelo cliente, é de extrema importância conhecer de maneira minuciosa aquilo que está sendo ofertado, independendo de ser produto ou serviço. Esse conhecimento é indispensável para ligar as necessidades do cliente com os benefícios que o produto oferece. Assim é possível não apenas satisfazer seus anseios, mas também proporcionar a ele um momento de alegria. Afinal, quem não se alegra ao ter um problema resolvido?

Nos encontramos na próxima edição! Bons Negócios.

Últimos posts por Eleandro Soares (exibir todos)

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
A importância de analisar (matematicamente) os resultados
Os 4 Ps do Marketing
2015: O ano do Administrador no Brasil