Odontologia e Saúde Bucal - Valéria Kruchelski Huk

A importância do Dente de Leite

Imagem Ilustrativa

Também chamados de dentes decíduos, os dentes de leite começam a nascer por volta dos quatro aos seis meses e espera-se que até dois anos ou dois anos e meio de idade todos os dentes estejam em ação – correspondendo a vinte dentes na boca. A dentição humana compreende duas fases: a dentição decídua (dentes de leite) ou temporária e a dentição permanente. Há um período do desenvolvimento da criança – entre seis a doze anos – em que os dentes de leite e os permanentes estão na boca, compondo o que chamamos de dentição mista.

O dente de leite é importante para a mastigação, fala, articulação e oclusão (mordida). Além disso, ele também está relacionado com a respiração e estética facial da criança – participando do desenvolvimento ósseo e muscular do rosto. Fique atento: os dentes de leite servem de “guia” para os dentes permanentes nascerem na posição correta, por isso é tão importante cuidar e mantê-los até eles caírem naturalmente.

A perda do dente de leite antes do tempo pode ocasionar diversos problemas para a criança, entre eles podemos citar os problemas estéticos, ortodônticos (posição dos dentes) e também problemas na mastigação e fala.

Você sabia que a principal causa da perda dos dentes de leite antes do tempo é a cárie? Algumas medidas simples podem evitar que isso aconteça. A dica é: Adie a ingestão de alimentos açucarados, controle o consumo de balas, doces e chocolates fora de hora. Além disso, é importante que os pais motivem a criança para realizar a escovação, supervisionando e se possível auxiliando os filhos para uma correta higiene bucal. E o mais importante: Leve seu filho ao dentista a cada seis meses.

Últimos posts por Valéria Kruchelski Huk (exibir todos)

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
A equipe odontológica: Apresentação
Use Fio Dental
Cuidados na infância: A cárie de mamadeira