Arquitetura, Urbanismo e Design

A importância e a influência das cores

As cores têm papel fundamental em nossas vidas, transformam nossas emoções, nossas energias e nossas ações. (Imagem Ilustrativa)

As cores têm papel fundamental em nossas vidas, transformam nossas emoções, nossas energias e nossas ações. (Imagem Ilustrativa)

As cores têm papel fundamental em nossas ações e emoções, tendo uma grande influência em nossas vidas. Na arquitetura a cor não é apenas algo decorativo e sim um elemento arquitetônico, que determina a maneira como nos relacionamos com os ambientes. Muitas vezes a sua influência da cor passa despercebida pelo nosso consciente, porém, nosso subconsciente absorve e consegue captar todos os mínimos detalhes que são transmitidos pelas cores do ambiente em que se encontramos.

A cor de um determinado local, pode mudar nossas ações, nossas emoções, nosso humor, nossa energia e por aí vai. Cores quentes nos remetem a um estado mais alegre, com uma energia mais positiva e as cores frias nos trazem a um estado de relaxamento e calmaria. Um exemplo para a utilização de cores mais frias são os quartos, pois são ambientes que utilizamos para dormir, relaxar e se sentir confortável, por isso as cores mais quentes devem ser evitadas, dando preferência as cores suaves. Mas é claro, tudo depende de cada personalidade, só assim pode-se identificar a cor correta a ser utilizada.

Para se ter uma ideia da influência de uma cor, vamos usar o vermelho como exemplo. Quando utilizamos essa cor em excesso em um determinado ambiente ela pode provocar o nervosismo e deixar o indivíduo em um estado de excitação, porém, ao combinarmos ela com outras cores de maneira equilibrada, conseguimos ter um ambiente elegante e que estimula a sensação de calor. Outro exemplo é a cor amarela, quem nunca ouviu um professor dizer, “olhe para o amarelo para se lembrar…”, isso por que essa cor estimula as atividades mentais, melhorando o raciocínio, além de estimular a comunicação e as emoções.

Confira os significados de algumas cores:

* Vermelho – É quente, vivo, agressivo, sensual, estimula os instintos.

* Azul – É um tom altamente calmante. Leva a uma introspecção profunda sendo ideal para ambientes onde as pessoas pretendem relaxar como quartos, salas de relaxamento e clínicas. Violeta – É uma cor preciosa, luxuosa e que pode ser usada, sem restrições, tanto em quartos como em salas.

* Laranja – Possui a luminosidade do amarelo e excitação do vermelho. Representa prosperidade. Traz aconchego, as pessoas que entram num ambiente com tons alaranjados tendem a se sentir acolhidas.

* Amarelo – Irradia luz, brilho, calor, vida, alegria, riqueza. É excelente para ambientes onde serão desenvolvidas atividades intelectuais, como salas de estudo e escritórios.

* Verde – O verde é calmo, equilibra as emoções. É a cor que menos fadiga a vista, é o equilíbrio entre o calor e o movimento do amarelo e a estática e a frieza do azul. Pode ser explorado em salas, cozinhas e banheiros.

Sabendo que as cores têm seu papel fundamental dentro de cada ambiente, seja ele residencial ou comercial, o uso correto pode trazer diversos benefícios. Por isso, para cada

finalidade uma cor em específico. Saber a cor correta a ser escolhida só é possível após uma série de analises e conhecimentos aprofundados no estudo da influência de cada cor a ser utilizada.

Rafael Ribacz Ramos

Rafael é formado em Arquitetura e Urbanismo, pelo Centro Universitário de União da Vitória - UNIUV. Além de atuar na área de arquitetura e urbanismo, também ministra diversos cursos na área de informática e tem como hobbies o web design (criação de sites) e as artes gráficas. WhatsApp: (42) 8816-8104. E-mail: contato@ribacz.arq.br

Últimos posts por Rafael Ribacz Ramos (exibir todos)

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
O projeto arquitetônico e suas etapas
Arborização Urbana – Uma das maneiras para amenizar o calor!
Retrofit de edificações