Em 04 de fevereiro de 1968, os motores aceleraram em São Mateus do Sul. Nesta data, aconteceu a prova automobilística Governador Paulo Pimentel. Esta prova era parte das comemorações da inauguração da Rodovia do Xisto, que ocorreu em 28 de janeiro do mesmo ano.

Quando foi inaugurada a Rodovia do Xisto (Br 476), no trecho entre Lapa e São Mateus do Sul, houve uma grande comemoração. A rodovia era promessa de campanha do governador Paulo Pimentel, que inaugurou-a uns dias antes. Ainda na alusão das comemorações, aconteceu uma corrida automobilística na recém inaugurada rodovia, com vários pilotos e seus carros de corrida, alguns, chamados de carreteras.

A corrida realizou-se em um trecho da rodovia. Ao todo eram 36 carros que partiram de Curitiba até São Mateus do Sul, a prova compreendia ida e volta. Uma figura que tornou-se destaque no automobilismo brasileiro, foi o piloto Emerson Fitipaldi. Ele participou desta corrida que foi umas das últimas corridas de estradas. Seu carro era um Fitti-porche muito veloz, mas que não lhe deu a vitória, pois não chegou a terminar a prova. O vencedor da prova foi Ubaldo Cesar Lolli, com o carro Alfa Romeo GTA número 23, da equipa Joly. “Lolli começou em desvantagem, largando no pelotão de trás. O próprio governador homenageado deu a partida da prova, no Km 4 da estrada. Emerson Fittipaldi largou na frente seguido dos protótipos Mark I, de Camillo e Andreata. Mas Ubaldo estava com tudo, naquele dia…” (Carlos de Paula, 2013).

Na memória do são-mateuense Nelson Chaves, que assistiu a corrida, foi um grande acontecimento que reuniu muitas pessoas. Seu Nelson nos contou que assistiu a corrida em cima de uma árvore para não perder nenhum detalhe. O local era próximo onde hoje está o posto da polícia rodoviária (Vila Palmeirinha). Fiquei imaginando quantas pessoas fizeram proezas, para ter uma visão mais privilegiada do evento. Logo depois, quando os carros ficaram estacionados no pátio do Clube Ideal Sãomateuense, olhares curiosos foram conferir de perto as máquinas velozes, principalmente o público masculino.

Esta é a fotografia do carro que venceu a prova. Uma carretera, como era chamado. Até o momento não encontramos uma foto da corrida em São Mateus do Sul. A foto foi retirada da matéria “Piero Gancia, por Paulo Roberto Peralta, em 02 de março de 2005”. Autoria e data desconhecidas. Com certeza, um grande evento que marcou o final dos anos sessenta, para a população são-mateuense!

Resultado

Curitiba – São Mateus do Sul

  1. Ubaldo Cesar Lolli – Alfa GTA – 1h29m13s. média 181,580 km/hr;
  2. Luiz Pereira Bueno – Mark I;
  3. Ângelo Cunha – Carretera Ford;
  4. Camilo Christofaro – Carretera Chevrolet;
  5. Catarino Andreatta – Carretera Ford;
  6. Jaime Silva – FNM;
  7. José Castilho – Simca;
  8. Rodolfo Scherer – Simca;
  9. Von Stuck – FNM;
  10. Afonso Ebber – Carretera Chevrolet (conversível, 1934);
  11. Jose Cury – Carretera Chevrolet;
  12. Jaci Pian – Simca;
  13. Osmar Coutinho – Carretera Ford;
  14. Renato Ling Junior – Simca;
  15. Reinaldo Campagnolo – Simca;
  16. Amílcar Pglieli – Carretera Ford;
  17. Darsa – Renault Gordini;
  18. Jose Antonieto – DKW.

Abandonaram: Emerson Fittipaldi (Fitti-Porsche); Bird Clemente (Mark I).

As informações do resultado da prova foram retiradas do: http://corridasnoparana.blogspot.com/2013/02/a-prova-da-rodovia-do-xisto-de-1968.html

Fotografia: http://www.bandeiraquadriculada.com.br/Piero_Gancia.htm

Colaboração: Nelson Chaves

Últimos posts por Hilda Jocele Digner (exibir todos)

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Poesias – O SÍMBOLO
Eternamente Jovem: a fotografia de Haydée Carneiro
Fotografia de Carnaval: ” Ô Abre Alas”