Especial

A trajetória e o carisma de Nigia Gogola

Nigia e Leopoldo Gogola são empreendedores em São Mateus do Sul, e possuem lojas dedicadas ao público de todas as idades e um hotel que incentiva cada vez mais o turismo regional. (Fotos: Cláudia Burdzinski/Gazeta Informativa)

O ramo comercial de São Mateus do Sul possui muitas histórias que ligam seus empresários e a motivação para investir em empresas, lojas e locais de comércio no município. Para conhecer um pouquinho mais sobre a relação dos empresários com a cidade, a Gazeta Informativa inicia nessa semana mais uma linha especial de reportagem, que contará a trajetória de pessoas que acreditam no potencial do município.

É difícil falar do comércio são-mateuense sem mencionar Nigia Gogola, empresária de 48 anos que é apaixonada pela cidade que lhe acolheu de braços abertos. Nascida em Guamirim – distrito de Irati, ela passou a infância em Rebouças onde teve o contato no ramo de hotelaria e lojas desde muito cedo. Nigia conta que sua família sempre possuiu essa aptidão para empreender. “Cresci envolvida na área”, admite.

É difícil falar do comércio são-mateuense sem mencionar Nigia Gogola, empresária de 48 anos que é apaixonada pela cidade que lhe acolheu de braços abertos.

A empresária conheceu São Mateus do Sul com 16 anos, após uma visita que seu pai fez no município. “Ele veio visitar a minha irmã e meu cunhado que moravam aqui. Meu pai se apaixonou pela cidade, e viu uma ótima oportunidade para abrir uma loja”, diz. Na época Nigia estava no início da graduação de matemática e era responsável pela loja da família em Guamirim, mas foi emancipada para administrar o novo empreendimento em São Mateus do Sul junto da irmã, onde inauguraram a Loja Hellen, que era localizada na Avenida Ozy Mendonça de Lima.

Foi nesse momento que a jovem passou a ficar cada vez mais conhecida: seu carisma foi agradando cada vez mais o público, que além de comprar os produtos da loja, viram ali uma ótima oportunidade para iniciar uma amizade com as empreendedoras.

Nesse meio tempo, entre os estudos e o cotidiano da loja, Nigia acaba conhecendo Leopoldo, firmando o relacionamento que resultou na união do casal. “Depois do nosso casamento, eu e Leopoldo resolvemos montar a nossa própria loja e foi aí que surgiu a Leonigia Confecções”, explica. Envolvendo cada vez mais o público, o casal acaba investindo na criatividade e inauguram uma loja dedicada ao público infantil: a tradicional Plim Plim Moda Infantil, que atualmente chama-se One Store Plim Plim.

“Queríamos ter o nosso próprio terreno, pois até então, nós pagávamos aluguel em nossas lojas. Foi aí que acabou dando certo a compra do terreno onde hoje temos todas as nossas lojas e o Hotel Dom Leopoldo”, diz. Algumas dificuldades na hora de construir também fizeram parte da trajetória da família, que batalhou para que o empreendimento desse certo.

Instigada sobre a decisão de montar um hotel, Nigia explica que ela e a família estavam realizando um curso de empreendorismo nos fins de semana, e havia comentado com um palestrante que sempre teve o sonho de montar um hotel. “Ele foi um dos meus principais incentivadores para que tudo desse certo, e viu que o nosso terreno era bem localizado para que o sonho fosse realizado”, afirma. Na época o casal foi um dos sete empresários do Paraná que conseguiram o financiamento através do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul do Paraná (BRDE – PR), e em 2007 o hotel foi inaugurado. “Eu sou muito grata por essa cidade. Hoje sou casada há 27 anos, nossa família nasceu aqui, e é das nossas empresas que conseguimos ajudar nos estudos dos nossos filhos. Eu amo essa cidade, nossos funcionários e todos nossos hóspedes e clientes”, garante.

Em todos esses anos de Maxi Leonigia, Hotel Dom Leopoldo, One Store Plim Plim e Maxi Moda Festas, a família colheu bons frutos e excelentes amizades, que foram fundamentais para o crescimento profissional de todos que colaboraram para que o sonho desse certo. “O pessoal sempre brinca, falando que eu não descanso, mas eu sou tão abençoada que não tenho necessidade de descansar. Para mim é uma alegria muito grande dar uma qualidade para nossos turistas incentivando que eles sempre voltem para nossa cidade. Eu acredito muito no potencial de São Mateus do Sul”, encerra.

CHARGE:

 

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Bailarina de São Mateus do Sul conquista 2 prêmios internacionais e 1 nacional
Casal concretiza união através de videoconferência em São Mateus do Sul
A importância da conscientização frente à violência contra a pessoa idosa