Jornal de São Mateus do Sul (PR) e região

Acadêmicos de Arquitetura e Urbanismo desenvolvem projeto de passarela para São Mateus do Sul

Quando estamos dispostos e incentivados a colocar nossa criatividade no papel, inúmeras ideais e necessidades são apresentadas no projeto que irá traçar o conceito que melhor se definirá em nossas expectativas. E foi nesse mesmo intuito que alunos do curso de Arquitetura e Urbanismo da Unidade de Ensino Superior Vale do Iguaçu (Uniguaçu), desenvolveram uma proposta dedicada a São Mateus do Sul.

O projeto definido como passarela, ligará a entrada da Vila Verde à Praça do Iguaçu que contará com aproximadamente 1,7 quilômetros que seguindo o mesmo percurso da ponte, já existente. “A ideia inicial do projeto foi tomada para facilitar o acesso de quem mora nos bairros mais distantes da cidade e precisa todo dia passar pela ponte, seja a pé ou de bicicleta, sem nenhum tipo de segurança”, destaca Maria Fabiana Muchal Macuco.

Além de Maria Fabiana, Maria Eduarda Ferraz e Gustavo Ribeiro também são os idealizadores do projeto que contam que tiveram a iniciativa pois acreditam que São Mateus do Sul precisa de um acesso como este. “Por isso pensamos nessa passarela para facilitar o percurso, que também tem como intuito se tornar um ponto turístico marcante da cidade. Pensamos futuramente apresentar à prefeitura para que o projeto seja estudado, e talvez executado”, comentam.

Por este motivo a passarela foi planejada de modo diferente, ela contará com pistas para ciclistas e para pedestres apenas, não sendo possível a passagem de nenhum tipo de automóvel, também seu percurso será todo coberto, facilitando o acesso de um lado a outro, ela passará acima das árvores não danificando a vegetação existente.

“Uma novidade também será os espaços desenvolvido ao longo de seu trajeto, pois contará com sanitários, que dará maior conforto a quem utilizá-lo; uma academia ao ar livre e também uma lanchonete com espaço de convivência para quem queira apenas apreciar a vista do Rio Iguaçu”, enfatizam os acadêmicos.

Esta ideia foi desenvolvida como um grande projeto urbano, para dar um grande impacto visual a cidade, seus moradores e seus visitantes, mas também foi pensado como sendo uma maneira da cidade se desenvolver mais, facilitando o acesso de quem mora na parte mais afastada da cidade.

Cláudia Burdzinski

Cláudia Burdzinski

Repórter que adora escrever e conhecer um pouco sobre a vida e a história de cada pessoa envolvida. Preza pela essência que é repassada na produção de cada matéria, valoriza os pequenos gestos e apoia o ativismo ambiental. E-mail para contato: claudia@gazetainformativa.com.br
Cláudia Burdzinski
Compartilhe esta reportagem...Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Print this page


Comentários: