Jornal de São Mateus do Sul (PR) e região

Acompanhe as festividades da 26ª edição da Tradycje Polskie que iniciam em agosto

O Baile da Imigração terá início com a abertura da primeira garrafa de vodka, que simbolizará a união e a amizade. (Fotos: Acervo Gazeta Informativa. Ano 2017)

Em agosto inicia mais um mês polonês com festividades organizadas pela Comunidade Brasileiro-Polonesa (Braspol) juntamente com comunidades religiosas de São Mateus do Sul. O município é considerado a capital da cultura polonesa, por isso englobará essa tradicionalidade durante a 26ª edição da Tradycje Polskie, através da musicalidade, gastronomia e religiosidade.

A abertura oficial da Tradycje Polskie começará no sábado (4), com o tradicional Baile da Imigração, que contará com a escolha da Rainha e Princesas da Imigração. Com início às 22h, a animação ficará por conta do grupo Coração Nativo, que já animou outras edições do evento. O Baile terá início com a abertura da primeira garrafa de vodka, que simbolizará a união e a amizade entre todos os presentes. Serão disponibilizados apenas a venda de mesas para o Baile, a reserva antecipada pode ser feita no Hotel Dom Leopoldo. As meses são limitadas. Telefones para contato (42) 3532-1700 ou 98821-9971. A Braspol estará divulgando nos próximos dias o nome das candidatas à Rainha e Princesas da Imigração.

“A Braspol convida todas as pessoas que gostam daquele baile tradicional para prestigiar mais uma edição do Baile da Imigração. O grupo Coração Nativo animará a noite com diversos estilos de música”, convida Sandro Simny Vitonski, presidente do núcleo da Braspol em São Mateus do Sul.

No domingo (5), o dia começa cedinho para os moradores da Vila Nepomuceno, onde está situada a Paróquia Nossa Senhora Aparecida e Czestochowa. A 12ª Festa da Padroeira Polonesa estará comemorando a Boa Colheita, que iniciará logo às 6h com alvorada festiva; às 9h acontecerá a procissão trazendo o quadro de Nossa Senhora de Czestochowa com cavaleiros, carroças, motos e caminhões; 10h30 Santa Missa; 12h almoço com suculento churrasco (costela, carneiro e leitão assados ao fogo de chão) e repleto serviço de bar e cozinha; 13h início da parte recreativa com bingo e outras atrações; e às 17h o sorteio da rifa com diversos prêmios.

A Paróquia Nossa Senhora Aparecida e Czestochowa organiza uma festa em comemoração a Boa Colheita.

O Pároco da Paróquia Nossa Senhora Aparecida e Czestochowa, João Henrique Lunkes, convida toda comunidade de São Mateus do Sul e região para prestigiar a festividade. “Esse é um momento festivo e alegria em que nós vamos agradecer por tudo aquilo que Deus nos concede e também fazer os nossos pedidos por intermédio de Nossa Senhora”, convida. O padre também salienta que o lucro da festa será revertido para os novos projetos da igreja.

E no dia 26 de agosto a Tradycje Polskie também estará na comunidade de Água Branca, onde acontecerá a 28ª Festa em Louvor à Czestochowa Paranska na tradicional Igreja Centenária. A festividade iniciará às 6h com alvorada festiva; às 9h a carreata com o quadro da Santa sairá da Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro indo até a Igreja Centenária da Água Branca, passando por Imbuiona, Faxinal e Taquaral do Bugre onde será acompanhada por cavaleiros; 10h30 Santa Missa com participação do Coral do Grupo Karolinka; 12h almoço com suculento churrasco de gado, carneiro e leitão, e repleto serviço de bar e cozinha com a gastronomia típica polonesa; 13h início da parte recreativa; e às 17h sorteio da rifa.

Para Rozeli Aparecida Ferreira Oleinik, Coordenadora do Conselho Comunitário da Água Branca, cada ano a comunidade busca inovar, sanar as possíveis falhas e proporcionar momentos agradáveis ao público fiel. “Após o evento observamos e analisamos que cada um tem sua particularidade e isso leva ao sucesso. Não é fácil nem simples organizar a festa, mas é extremamente gratificante. Já há algum tempo as pessoas – visitantes/caravanas – estão perguntando sobre a festa através da página da Igreja no Facebook. Isso é o combustível para nossas ações”, afirma.
Anote todos os dias de evento e prestigie a tradição polonesa são-mateuense.

A religiosidade do povo polonês

Segundo o Padre João Francisco Sieklicki, Vigário Paroquial da Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, todas as sociedades e culturas sempre tiveram e têm a sua religiosidade. “Na tradição e imigração do povo polonês se evidencia muito fortemente esse aspecto. Sua religiosidade e catolicidade fizeram com que pudesse superar com grande êxito as dificuldades que a imigração e a busca de melhores condições de vida ocasionaram”, explica.

O padre também comenta que a vinda do povo polonês para as terras brasileiras trouxe consigo o que de mais sagrado aprendeu no berço familiar: a devoção à Nossa Senhora e a prática da religião católica. “A adaptação à nova realidade e ao novo estilo de vida encontrado em solo brasileiro fizeram da religião um apoio incondicional e decisivo para a superação de grandes obstáculos. A fé proporciona a esperança e ânimo para continuar buscando melhores condições de vida”, enfatiza.

A Igreja Centenária da Água Branca comemorará a 28ª Festa em Louvor à Czestochowa Paranska.

Cláudia Burdzinski

Cláudia Burdzinski

Estudante de Jornalismo que adora escrever e conhecer um pouco sobre a vida e a história de cada pessoa envolvida. Preza pela essência que é repassada na produção de cada matéria, valoriza os pequenos gestos e apoia o ativismo ambiental. E-mail para contato: claudia@gazetainformativa.com.br
Cláudia Burdzinski
Compartilhe esta reportagem...Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Print this page


Comentários: