Cidade

Agência do Trabalhador de São Mateus do Sul é a que mais gera emprego na região

A Agência do Trabalhador de São Mateus do Sul está em 43º lugar na geração de emprego das 399 Agências do estado do Paraná. (Foto: Cláudia Burdzinski/Gazeta Informativa)

A oportunidade de ter a carteira assinada é algo que abrilhanta os olhos de alguns brasileiros em meio à crise que o país vem passando nos últimos anos. Em 2013, 7,1% pessoas estavam desempregadas. Esse número ganhou uma baixa em 2014, tendo uma média de 6,8%. Em janeiro de 2018, um levantamento divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), apontou que 12,2% da população do país está desempregada, uma estimativa de 12,7 milhões de pessoas.

Em reunião realizada na quinta-feira (8), com os representantes das Agências dos Trabalhadores da região do Vale do Iguaçu, que contempla os municípios de Bituruna, General Carneiro, Mallet, São Mateus do Sul e União da Vitória, foram apresentados números referentes ao ano de 2017 da geração, encaminhamentos, inscritos e colocação das pessoas no emprego através das Agências.

Ganhando destaque nas regionais, a Agência do Trabalhador de São Mateus do Sul, que também abrange o município de Antonio Olinto, ficou em primeiro lugar no grau de eficiência, e superou as expectativas planejadas.

Contemplando um total de 21.508 pessoas economicamente ativas (aquelas que possuem carteira de trabalho), o município teve 911 inscritos e 616 vagas disponíveis. O total de 3.136 pessoas tiveram o encaminhamento para o emprego através da Agências, e 622 foram contratadas. O número aproximado era de 5 pessoas por vaga. Além disso, a Agência colocou 5 Pessoas Portadoras de Deficiência (PPD) no mercado de trabalho.

A meta mínima traçada para a efetivação nos empregos era de 538 pessoas, o que fez o município atingir uma porcentagem de 115,68% de eficácia. “Nosso município foi bastante elogiado na reunião”, destaca Leandro Ulbrich Bueno da Silveira, gerente da Agência do Trabalhador de São Mateus do Sul.

Um forte comparativo é com o município de União da Vitória, que apresenta um número de 26.136 pessoas economicamente ativas, e totalizou 494 pessoas contratadas. A meta mínima traçada era de 653.

A Agência do Trabalhador é um serviço público gratuito, possui convênio com a Prefeitura Municipal e recebe ordens e fiscalização do Ministério do Trabalho, vinculado com a Secretaria do Trabalho. Qualquer empresa pode ser conveniada com a Agência.

Segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), 3.527 pessoas conseguiram emprego em São Mateus do Sul em 2017, e 17,64% foram através da Agência do Trabalhador. Das 399 Agências do Paraná, o município ficou em 43º lugar.

“Um dos principais motivos para o bom trabalho realizado pela Agência do Trabalhador é o apoio que recebemos da Prefeitura Municipal e também dos comerciantes, que é o grande forte de vagas para nosso município. O bom relacionamento da Agência com o empresário faz com que as pessoas procurem nosso trabalho”, enfatiza Leandro.

É importante destacar que para a procura de vagas de emprego, a pessoa precisará sempre portar a carteira de trabalho para a efetivação do atendimento.

Comparativo da geração de emprego nos anos anteriores

São Mateus do Sul é destaque regional na geração de emprego através da Agência do Trabalhador, e mesmo com esses números positivos, a situação ainda pode melhorar.

Em 2014, a Agência do Trabalhador teve o total de 1.115 vagas; 6.248 pessoas encaminhadas e 759 pessoas contratadas. No ano de 2015, apenas 369 vagas, 4.151 pessoas encaminhadas e 354 pessoas contratadas. Em 2016 foram abertas 399 vagas, realizados 3.576 encaminhados e 460 pessoas contratadas.

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Nova diretoria da ACIASMS toma posse
Peça teatral Paixão de Cristo é revitalizada e supera expectativas em São Mateus do Sul
Grupo visita a Casa Civil do Paraná em busca de apoio para o município