Educação e Cultura

Alunos do Colégio Milenium visitam a redação da Gazeta Informativa

Turma do 1º ano conhece como é o cotidiano do único jornal impresso de São Mateus do Sul. (Fotos: Cláudia Burdzinski/Gazeta Informativa e Thaís Siqueira/Gazeta Informativa)

Na tarde de segunda-feira (23), alunos do 1º ano do Colégio Milenium de São Mateus do Sul, estiveram presentes na redação do jornal Gazeta Informativa para conhecer de perto como é o trabalho jornalístico produzido pela equipe.

Trabalhando com a história da comunicação, a professora da turma, Maria Aparecida Libel da Silveira buscou incentivar e mostrar para seus alunos como é a produção do único jornal de São Mateus do Sul, demostrando para eles a importância da produção de informações impressas.

Um dos primeiros grandes veículos de comunicação utilizado pelos homens foi o jornal impresso, antes da televisão e do rádio, as notícias eram veiculadas em papel. Hoje em dia, as mídias têm se diversificado cada vez mais, fazendo com que o acesso à informação se democratize e se diversifique para diferentes públicos e interesses.

“Escolhemos essa atividade para vivenciar o conteúdo que está sendo aplicado para a turma, que fala sobre os meios de comunicação e como eles nos ajudam na troca de informações e na busca do conhecimento. Em conversa na sala de aula, surgiu a curiosidade de descobrir como funciona um jornal e a partir dessa vontade dos alunos surgiu a ideia da visita até a Gazeta Informativa”, destaca a professora Maria, que garantiu que o assunto na turma foi de muita euforia logo após a visita.

A jornalista e diretora da Gazeta Informativa, Thaís Siqueira Pinto, e os repórteres Alexandre Müller e Cláudia Burdzinski preparam dinâmicas com os alunos, os quais se mostraram interessados e comunicativos pela área jornalística. Toda explicação do trabalho que o jornal oferece para a história de um município se tornou destaque na tarde diferente vivenciada pela turma.

A produção de conteúdos digitais é um dos destaques da Gazeta Informativa, a qual, proporcionou para os alunos a participação de uma live na página do Facebook do jornal, onde a turma pôde interagir entre o repórter e o meio de comunicação. Logo após, eles assistiram a repercussão que a gravação ao vivo proporcionou de movimentação na página.

O jornal como fonte confiável de credibilidade e suporte de informações, é um dos principais meios que priorizam a informação de qualidade para todos os leitores, que desde crianças, podem presenciar o cotidiano de uma equipe jornalística. É importante incluir as crianças nos assuntos que circulam nas mídias, meios de comunicação como o jornal impresso que são essenciais para atualizar o desenvolvimento do olhar crítico expandindo as reflexões sobre diversos assuntos.

A Gazeta Informativa está sempre à disposição para receber todas as pessoas que se interessarem em conhecer a rotina do jornal, e apoia as escolas que trazem os seus alunos para conhecer os meios de comunicação. O jornal também acredita que este tipo de visita, contribui muito para tornar o ensino mais estimulante e enriquecedor. Com isso, os alunos têm a oportunidade de conhecer lugares interessantes e diferentes, interagir de uma maneira mais próxima e efetiva, além de vivenciarem, de forma dinâmica, o conteúdo pedagógico de seus respectivos níveis.

De acordo com a diretora da Gazeta Informativa, “foi divertido recepcionar os alunos na redação do jornal. Nós esclarecemos as dúvidas que eles tinham e mostramos um pouco do nosso trabalho que realizamos com tanto amor, dedicação e profissionalismo. É sempre muito gratificante recebermos pessoas interessadas em conhecer o jornal, pois nos mostra como a nossa empresa é referência de qualidade e tem alcançado cada vez mais espaço e admiração”, destaca a jornalista.

Para Thaís, o jornal impresso nunca vai acabar, assim como o livro também não. “Tem público para todos os gostos. E não conseguimos viver apenas olhando para a tela de um computador, celular ou tablet. Chega uma hora que precisamos ler algo físico, e nós da Gazeta Informativa batalharemos para não acabar a vida do impresso. Incentivaremos sempre o hábito da leitura do bom e velho jornal”, conclui.

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Święconka: bênção de Páscoa polonesa sobrevive a gerações e se adapta à cultura local
Alunos se unem para ajudar colega que passa por tratamento de saúde
Responda questionário e ajude a identificar a presença polonesa em São Mateus do Sul