Cidade

Aniversário de 110 anos de São Mateus do Sul será movimentado com a realização de gincana que envolverá toda a cidade

O convite para a gincana foi entregue no último sábado (4), no Chimarródromo e 4 equipes já estão inscritas. (Foto: Divulgação)

Depois de 15 anos, São Mateus do Sul novamente sediará mais uma gincana a nível municipal em comemoração ao aniversário da cidade, e prevê a participação de centenas de jovens e famílias são-mateuenses que poderão, novamente, participar das tradicionais gincanas organizados por Antônio Marcelo Boldrini.

A gincana é nominada como “São Mateus do Sul orgulho por essa terra: juntos pelo melhor!”, e também contará com a realização do tradicional Caça ao Tesouro que nessa edição será chamado de “Gincaneiros e os Caçadores da Erva-Mate Perdida”. A gincana acontecerá nos dias 21, 22 e 23 de setembro.

De acordo com a comissão organizadora, a gincana será realizada com a intenção de promover a interação dos jovens, das famílias, o respeito à cidade, resgatar o orgulho de ser são-mateuense e assim também, despertar o lado artístico e cultural dos muitos dons escondidos em São Mateus do Sul, que talvez nunca tenham participado de tamanho evento.

Segundo Boldrini, a última gincana foi realizada no ano de 2003 e tinha como tema “Diga não à violência, arme o seu coração de paz”. Nos anos anteriores as gincanas movimentaram e cativaram muitos jovens, suas famílias e a cidade como um todo, iniciando em 1997, com o tema “Faça alguém sorrir”, seguida por: 1998, “Salve a natureza”; 1999, “Eu amo a vida”; 2000, “Brasil 500 anos”; 2001, “Amigos em ação” e em 2002, “Sonho de criança”.

A comissão organizadora é composta pelos seguintes membros que são liderados por Boldrini: Graciele Nadolny, Sérgio Sussula, Gabriele Nadolny, Mauricio Train dos Santos, Nara Rodrigues, Nivaldo Sussula e Silnei Tkaczyk.

Segundo Graciele Nadolny, alguns membros da comunidade estão reunidos a certo tempo a fim de organizar as festividades dos 110 anos do município junto à Prefeitura Municipal. “Estávamos, semanas atrás, discutindo o que fazer para trazer mais pessoas para comemorar os 110 anos de São Mateus do Sul, e foi nesse momento que vimos que uma gincana seria de suma importância e de fato traria mais pessoas às ruas.”

De início, em parceria com a Prefeitura Municipal, a ideia foi realizá-la somente no dia 21 de setembro, data do aniversário da cidade, mas a gincana tomou maiores proporções e se chegou ao consenso de promover durante os três dias, até o amanhecer do dia 23. A Comissão Organizadora elenca que conta com o apoio da Prefeitura Municipal na questão estrutural de palco e som para a realização.

A gincana contará com uma comissão julgadora responsável em julgar as provas e será composta por pessoas convidadas pela comissão organizadora, e que não possuem vínculo com a cidade ou que possam residir no município.

As ganhadoras receberão troféu de campeãs e a equipe vencedora será premiada possivelmente com uma viagem ou um almoço com os todos membros da equipe. Será definido também o prêmio aos gincaneiros destaques: um homem e uma mulher. A concentração da gincana será em frente ao antigo Colégio das Irmãs, hoje prédio da Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SEMEC).

Preparem-se

Apesar dos dias oficiais da realização da gincana serem entre os dias 21 e 23 de setembro, as equipes que se inscreverem já tem provas a serem cumpridas. Segundo os organizadores, estas provas demandam de certo tempo para serem realizadas, por isso já foram entregues às equipes inscritas e já estão rolando provas impressas, via redes sociais no grupo oficial da gincana e do WhatsApp.

Hoje a gincana já conta com a participação de 4 equipes inscritas, sendo elas: Os Bunitão, equipe CDI, equipe Pipe Bloco e a Equipe E.I.A – (Escolhidos, Inconformados, Adoradores), da 3º Igreja do Evangelho Quadrangular da Vila Amaral.

As inscrições findam-se no dia 7 de setembro e devem ser realizadas junto à comissão organizadora. Cada equipe deve inscrever seus membros, e para cada um deles existe a taxa de 1kg de alimento não perecível que será revertido às entidades do município. Cada equipe pode inscrever quantas pessoas quiser, porém é necessário lembrar que somente os membros inscritos podem participar das provas, salvo quando for permitido pela comissão organizadora.

Haverá provas de competição, aquelas realizadas na rua, provas de apresentações das mais variadas, provas assistenciais, provas culturais, provas de perguntas e respostas com direito a torta na cara, provas de busca, prova relâmpago e o famoso Caça ao Tesouro.

Segundo Boldrini, a ideia é valorizar os velhos tempos das gincanas realizadas na cidade, quando não existia internet e os gincaneiros quebravam a cabeça para desvendar os enigmas e cumprir as provas. “A realização da gincana será uma revolução para a história atual de São Mateus do Sul. Estamos bolando algo que é remake, ou seja, com várias provas que já foram realizadas nas edições anteriores e poderá trazer muitos jovens a participar.”

Boldrini afirma que as equipes podem esperar por algo muito animado e no seu estilo de realizar gincanas, com todo mundo dançando bastante. “Aproveito esse espaço para pedir aos gincaneiros para se prepararem, principalmente com o Game Of Thrones, quem nunca assistiu, sugiro acompanhar as temporadas”, alerta Boldrini.

Gincaneiros e os Caçadores da Erva-Mate Perdida!

Uma das principais provas da gincana será o Caça ao Tesouro, que engloba toda uma organização a parte e tem a missão de encerrar a gincana e poder de mudar resultados, além de ser a prova mais longa.

O Caça ao Tesouro que possui uma singularidade especial na realização da gincana, acontecerá a partir da 0h do dia 23 de setembro e promete rodar toda a madrugada, com perspectiva de ser encerrado por volta das 6h, se as equipes cumprirem todos os enigmas, provas e ações. Para o ganhador do Caça ao Tesouro haverá um troféu especial.

Outra dica que o especialista em gincanas dá, em específico ao Caça ao Tesouro, é que as equipes devem estar preparadas com muitos equipamentos para desenterrar o tesouro.

Boldrine salienta que seguindo os moldes de edições anteriores e mesmo os eventos promovidos pela Confraria Betha, a qual organiza há anos o Caça ao Tesouro do grupo, de que essa prova será realizada somente no perímetro da cidade onde não sejam necessários encarar trechos perigosos, como as BR que circundam o município.

Fica o convite para os grupos de amigos, grupos do futebol, do trabalho, do colégio, a participar da gincana que englobará 100% de suas atividades baseadas em São Mateus do Sul e seus 110 anos de história. As inscrições vão até o dia 7 de setembro junto a comissão organizadora que pode ser contatada através dos seguintes contatos: (42) 9 9126-2149 com Boldrini, e 9 9975-7316 com Graciele.

A Comissão Organizadora convida as empresas de São Mateus do Sul e região a participar e colaborar com a realização da gincana através do patrocínio da premiação, especificamente.

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Programa Municipal de Atração de Investimentos apontará indicadores sobre São Mateus do Sul
30ª vítima da covid é confirmada em São Mateus do Sul
Uma solução para a área rural