Aula de hidroginástica realizada em grupo. (Fotos: Cláudia Burdzinski/Gazeta Informativa e APAE)

O sorriso no rosto, o abraço de “bom dia” ou até mesmo um aperto de mão sincero faz parte da realidade diária da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de São Mateus do Sul, que estará comemorando 39 anos dia 21 de outubro. Os alunos e pessoas atendidas pela entidade dividem sua rotina com os 78 colaboradores da APAE que levam para casa a esperança e amor repassado por cada um deles.

Dentre as atividades realizadas dentro da instituição, a equipe trabalha com quatro linhas de frente: educação, saúde, assistência social e capitação de recursos, responsáveis por todo o funcionamento da entidade. Atividades ao ar livre, pinturas, artesanato e atividade assistencial dividem a rotina das turmas que encontram na entidade a oportunidade de levar uma vida melhor. A APAE não colabora apenas com a melhora da qualidade de vida de seus alunos, mas sim de toda a família.

Direito pela educação inclusiva

A Escola 21 de Outubro – Educação Infantil e Ensino Fundamental Modalidade Educação Especial, atende hoje 123 alunos de 0 à 67 anos. De acordo com Andréia Furman, diretora da instituição, o foco do trabalho realizado na escola é em todas as áreas da educação iniciando pela educação infantil, estimulação essencial e pré-escolar que são os alunos que estão inclusos em Centros Municipais de Educação Infantil (CMEI’s) do município.

“Hoje a maioria dos nossos alunos são da Educação de Jovens e Adultos (EJA), em que nossa equipe trabalha o currículo de forma adaptada”, explica a diretora. As atividades incluem a independência e atividades da vida diária e autonomia dos alunos. “Diariamente também são trabalhadas a parte de oficinas para desenvolvimento de habilidades artísticas com enfoque terapêutico”, completa. Na APAE são trabalhados pintura em MDF, jardinagem e horticultura, confecção de cuias e artesanatos em reciclados e culinária, a qual as alunas estão aprendendo receitas que utilizam em casa resgatando sua autonomia.

Saúde e assistência social

A APAE conta hoje 26 profissionais que trabalham no Centro de Saúde José Carlos Obrzut, localizado em anexo à Escola 21 de Outubro. Hoje mais de 240 pacientes são atendidos no local variando entre alunos da escola e pessoas da comunidade. Os convênios são ofertados pelo Sistema Único de Saúde (SUS), Prefeitura Municipal, Programa Nacional de Apoio à Atenção da Saúde da Pessoa com Deficiência (PRONAS/PCD).

No SUS são realizados atendimentos nas áreas de Fonoaudiologia, Fisioterapia, Nutrição, Psicologia, Neurologia, Terapia Ocupacional e Assistência Social. No projeto “Ampliar Saúde”, são ofertados serviços médico-assistenciais para pessoas com deficiências, atendidas pela APAE através da ampliação do número de atendimentos em reabilitação/habilitação e inclusão do serviço de Enfermagem e Psiquiatria.

A novidade são os projetos de hidroterapia e hidroginástica, que possibilizam aos alunos atividades dinâmicas em piscina adaptada e aquecida para o atendimento. A equipe também está atuando na área odontológica por meio do projeto “Dentes Saudáveis”, com sala equipada e equipe

A novidade são os projetos de hidroterapia e hidroginástica, que possibilizam aos alunos atividades dinâmicas em piscina adaptada e aquecida para o atendimento. A equipe também está atuando na área odontológica por meio do projeto “Dentes Saudáveis”, com sala equipada e equipe

Os três últimos projetos são do PRONAS/PCD e estendeu esse serviço de saúde à pessoas com deficiência, sem vínculo institucional, de forma gratuita, que residem em São Mateus do Sul e região.

Aula de hidroginástica, realizada em grupo.

Na área de assistência social são trabalhados projetos também com os familiares, atuando na área psicológica e treinamentos para o cuidado adequados dos pacientes. “Através de atividades de valorização, escuta qualificada, encaminhamentos e de cuidados aos cuidadores com a finalidade do autoconhecimento como recurso de transformação pessoal e social”, destaca Valeria Fernandes da Conceição, Psicóloga e Coordenadora da Equipe de Saúde.

Captação de recursos

O setor de captação de recursos da APAE de São Mateus do Sul, é um setor que busca recursos junto a comunidade, organizações, empresas, governos para manter a Instituição e investir em melhorias e proporcionar a qualidade de vida das pessoas com deficiência intelectual e múltipla.

Dentre as formas de arrecadação estão as campanhas: Nota Amiga – Universo Especial 2, Sócios Contribuintes (com contribuições mensais), Empresas Amigas (também com contribuições mensais), Imposto de Renda, venda de artesanatos e bazares, doações e Amigo APAExonado em que o interessado pode estar ajudando a APAE de diversas formas por meio de contribuições conforme sua possibilidade.

A comunidade também é convidada para passar um dia realizando atividades com os alunos da APAE, conhecendo de perto toda a realidade da instituição. “Nós estamos com o Projeto Construindo Sonhos para a construção da nova escola padrão e acessível para pessoas com deficiência. A atual encontra-se em condições inapropriadas para atendê-los”, enfoca Denise Heider, coordenadora do setor de Captação de Recursos.

Contato

Quer conhecer o trabalho desenvolvido pela APAE de São Mateus do Sul? Entre em contato com a equipe! A APAE está localizada na Rua João Bettega, 1014, Vila Faty, São Mateus do Sul.
Telefone para contato: (42) 3532-2464. E-mail: saomateusdosul@apaepr.org.br. Acesso o site da instituição: www.saomateusdosul.apaepr.org.br.

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Secretaria de Turismo agora faz parte da Secretaria de Cultura e Educação
Fanfarra Mirim Nelson Nascimento traz títulos representando São Mateus do Sul em campeonato
Alunos do ensino médio conhecem a produção do jornal Gazeta Informativa