Artigo de Opinião

Apostando nos “ervales”

(Foto: Cláudia Burdzinski/Gazeta Informativa)

Confesso que fiquei com medo do dia ser resumido em chuva e mais chuva. Mas aquela garoa pela manhã foi apenas um detalhe que incentivou ainda mais o preparo de todos os organizadores do 1º Festival de Cerveja e Gastronomia de São Mateus do Sul. O céu azul e o sol iluminando todas as janelas eram o resumo da felicidade de quem torceu para que tudo desse certo (e foi demais).

Assumo que nunca gostei muito de tomar cerveja, mas o propósito do evento não era apenas esse. A união das pessoas de estilos e idades diferentes era visível nos grupinhos que se formavam próximo às barraquinhas das cervejarias vindas de toda a nossa região. O palco foi o cenário para diversos estilos musicais, que nos intervalos de cada show, davam a vez para as tradicionais músicas alemãs conhecidas nesses tipos de festivais que ecoavam pelas caixas de som.

O cardápio também foi pensado para todos os paladares, que escolhiam o que mais lhe agradava dentre todas as opções. Esse texto não tem como objetivo contar como foi o evento – até porque dentro dessa edição impressa tem um conteúdo feito especialmente para isso –, mas sim para parabenizar todo o empenho do pessoal do Rotary Club Xisto do Iguaçu, que desde setembro vêm divulgando esse evento ímpar no município, contando com o apoio de toda nossa equipe do jornal.

Melhor do que ter pessoas com ideias como essa, é ver que os são-mateuenses realmente abraçaram o Samas Bier e marcaram presença do começo ao fim. Nossa cidade merece cada vez mais esse tipo de festa, que resume a diversidade de quem aqui vive. Reconheço que organizar um festival como esse exige paciência, força de vontade e paixão para que tudo saia como o esperado. Mas unindo pessoas que pensem com esses objetivos, o evento dá certo.

Uma das coisas mais legais que percebi foi o incentivo e convite do Rotary para os pequenos empreendedores que estão começando agora no ramo da culinária, e aposto todos os meus “ervales” que eles saíram mais confiantes por vencer esse desafio de preparar suas especialidades para centenas de pessoas. Isso é o melhor de tudo!
Já estou animada para a segunda edição do Samas Bier, e você?

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
O são-mateuense e a lembrança
A mobilidade de informação garante um melhor conhecimento
Nada é impossível