Artigo de Opinião

Aproveita!

(Imagem Ilustrativa)

É muito bom quando você recebe indicações de filmes que te fazem parar para pensar na vida e como você reage em algumas situações. “O Show de Truman” foi um dos melhores filmes que já assisti na vida, e traz para perto a dependência por programas de reality show e como somos influenciados pelo o que é dito e visto em televisões.
De acordo com a sinopse do filme, Truman Burbank é um pacato vendedor de seguros que leva uma vida simples com sua esposa Meryl Burbank. Porém algumas coisas ao seu redor fazem com que ele passe a estranhar sua cidade, seus supostos amigos e até sua mulher. Após conhecer a misteriosa Lauren, ele fica intrigado e acaba descobrindo que toda sua vida foi monitorada por câmeras e transmitida 24h por dia em rede nacional. Os diretores do programa deixavam o resto do mundo vidrados no cotidiano de Truman. Isso tudo faz uma singela ligação sobre o quanto esses atos interferem no cotidiano dos telespectadores.

Na faculdade de comunicação aprendemos como lidar com a relação de geradores de informação (mídia) com os receptores (público que recebe a notícia). Uma área que movimenta e muito esse tipo de contato é o entretenimento, que trabalha diretamente com o que prende e distrai a atenção das pessoas. Infelizmente hoje em dia existe algumas mídias que direcionam esse conhecimento para o sensacionalismo, que retrata as informações para o lado apelativo, como conta o filme de ficção. Por conta disso, é preciso ficar atento sobre o que chega até nossos televisores e celulares. O que era para distrair pode prender cada vez mais, e quando nos damos conta disso, já perdemos um bom tempo focando apenas nesse tipo de programa.

A dica para essa semana é curtir mais o real e sair aproveitar os dias longos proporcionados pelo horário de verão. Viaje, faça piqueniques e aproveite a vida com as pessoas que você mais sente falta! As vezes ficamos monitorando tanto a vida do outro pelas redes sociais que esquecemos de aproveitar a vida fora da tecnologia.

Estudante de Jornalismo que adora escrever e conhecer um pouco sobre a vida e a história de cada pessoa envolvida. Preza pela essência que é repassada na produção de cada matéria, valoriza os pequenos gestos e apoia o ativismo ambiental. E-mail para contato: claudia@gazetainformativa.com.br

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
O machismo afeta os homens?
Palavras, retórica e domínio de ideias
O luto é do tamanho do nosso amor

Os comentários estão fechados