A equipe da diretoria dos colégios confia no trabalho de uma instituição pública de qualidade. (Foto: Cláudia Burdzinski/Gazeta Informativa)

Alunos da rede municipal e estadual de ensino voltaram às aulas nesta quinta-feira (14). O ano letivo começou, e as instituições públicas de São Mateus do Sul iniciaram suas atividades com cursos e planejamentos dedicados aos professores na segunda-feira (11). Para Terezinha Machado Bueno, diretora do Colégio Estadual Zuleide Portes, da Vila Bom Jesus, os dias que antecedem o início das aulas é o momento em que a diretoria realiza o repasse das informações adquiridas na capacitação de diretores, realizada pela secretaria de educação. “Durante estes dias, realizamos estudos para que possamos receber bem os alunos. Um dos pontos marcantes é trabalhar a gestão em sala de aula, cuja finalidade é despertar o interesse de nossos adolescentes pelo conhecimento”, informa. Terezinha explica que cada gestor trabalha com sua equipe para preparar o plano de trabalho de acordo com sua realidade. “Sabemos que na atualidade o professor precisa interagir com seus alunos, oportunizar estratégias para que o jovem aprenda respeitando o tempo que cada um tem para este aprimoramento”, diz.

O colégio passou por algumas reformas estruturais no período das férias, como reforma de telhado, pinturas internas e externas, substituição de piso de madeira por lajotas, reforma em banheiros, aquisição de sistema de segurança, câmeras, luz de emergência, reforma e ampliação da secretária, sala da equipe pedagógica, espaço reservado ao programa de entrega de leite para as crianças, jardinagem, portão eletrônico e demais aquisições provindas do governo estadual. “Nesse ano letivo, esperamos uma comunidade participativa, pais comprometidos com a educação dos filhos e com bom relacionamento com os profissionais da escola. E que os alunos foquem nos seus estudos e com o cumprimento das normas escolares.”

De acordo com Sônia Aurora Sebben de Pauli, diretora do Colégio Estadual Paulo Stencel, na Vila Americana as expectativas para o ano letivo são as melhores. “Temos vários projetos para colocar em andamento, dentre eles o ‘Escola Adolescente’ para tentar minimizar os problemas com relação a proficiência do aluno”, explica. A diretora informa que também haverá treinamentos com a prática de voleibol. “Temos certeza que este ano teremos um grande avanço na educação pública do Paraná, muitas coisas boas estão por vir, e a esperança é de dias melhores”. O colégio passou por mudanças em 2018. Destacam-se a pintura e a reforma da biblioteca e o início das reformas nas calçadas. “Sempre acreditei na educação como o princípio fundamental para a transformação do ser humano, continuo acreditando e sonhando, mesmo após 35 anos de magistério”, afirma a diretora.

O Colégio Estadual São Mateus (CESM) inicia 2019 com muitas novidades, dentre elas o início do novo curso técnico da instituição, dedicado ao Agronegócio, nos níveis integrado e subsequente. A diretora Telma Staniszewski, comenta que além do curso técnico que inclui uma grade curricular focada no tema, o Agronegócio trará uma melhor capacitação para toda a região, logo que grande parte dos moradores reside no interior. “Eu não gosto de prometer, mas sim de me comprometer com a comunidade, e informo de primeira mão que demos a entrada nos documentos para trazer um curso técnico de enfermagem para nosso colégio”, diz.

Mudanças estruturais também aconteceram no CESM, dentre elas a aquisição de calçadas de pavers, lâmpadas novas para o bloco 1, pintura em salas de aula, construção de sala de coordenação, melhorias na quadra e demais mudanças. “Somamos mais de 1.500 alunos, e esse ano traremos o curso de libras que será aberto para toda a comunidade, que se mostrou muito interessada pela temática”, informa Telma.

Na rede municipal de ensino, aconteceu a inauguração do Centro Municipal de Educação Infantil Idalina Furtado Guimarães Ulbrich, no Parque das Tamareiras e início das aulas no CMEI Iolanda Zene Vila, no antigo Colégio Integral e que será o maior CMEI do município. Os professores também receberam cadernos personalizados, destinado ao Plano de Trabalho Docente, e os alunos os kits de materiais escolares.

Entramos em contato com a diretoria dos colégios Duque de Caxias e Professor Eugênio de Almeida, e até o fechamento da edição publicada no dia 16 de fevereiro, não tivemos retorno sobre o planejamento do ano letivo.

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Segundo dia do Enem contou com questões sobre Ciências da Natureza e Matemática
Acompanhe as festividades da 26ª edição da Tradycje Polskie que iniciam em agosto
Profissionais da Educação fazem mobilização em São Mateus do Sul