Geral

Aumento consecutivo no gás chega a 49,39%

Distribuidoras do município estão sentindo esse aumento em suas revendas. Para os próximos dias, o botijão custará em média R$ 80,00. (Foto: Cláudia Burdzinski/Gazeta Informativa)

Desde junho, a Petrobras anunciou cinco aumentos consecutivos para o Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), o gás de cozinha popularmente conhecido. Na quarta-feira (11), o reajuste chegou a 12,9% no botijão de gás de 13kg para as distribuidoras. De acordo com o Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Gás Liquefeito (Sindigas), a expectativa é que o botijão fique em média R$3,00 mais caro depois desse último ajuste.

De acordo com a empresa, “como a lei brasileira garante liberdade de preços no mercado de combustíveis e derivados, as revisões feitas nas refinarias podem ou não se refletir no preço final ao consumidor. Isso dependerá de repasses feitos especialmente por distribuidoras e revendedores”, informa.

Em São Mateus do Sul, as distribuidoras estão sentindo esse impacto na revenda, onde o valor estimado do botijão de gás para as próximas semanas seja em média R$ 80,00. “Muitas vezes as pessoas acham que os culpados desse aumento somos nós da distribuidora e não entendem os verdadeiros motivos”, conta Geerci Lazzari, empresário do ramo no município.

As distribuidoras de São Mateus do Sul recebem o frete de gás vindo diretamente de Araucária, que em cima do valor dos botijões, o alto custo para o recebimento da carga também é pautado no valor final do produto. “Hoje pago mais de R$ 3,00 de frete em cada botijão de gás só em imposto, tudo tem custo e não tem como fugir disso”, esclarece o empresário.

Cidades regionais também sentem esse impacto, um exemplo é o município de General Carneiro, que o valor do botijão chegou a R$85,00 nesse mesmo período de aumento.

Porcentagem do aumento em cada mês

Durante o segundo semestre de 2017, o valor do gás liquefeito de 13kg teve os seguintes levantamentos: 08/06 aumento de 6,7%; 05/08 aumento de 6,9%; 05/09 dissidio coletivo de 3,79%; 06/09 aumento de 12,2%; 29/09 aumento de 12,9% e 11/10 aumento de 12,9%.

O reajuste também foi encaminhado para o botijão de 45kg: 28/07 aumento de 4,9%; 16/08 aumento de 7,2%; 06/09 aumento de 2,5% e 27/09 aumento de 7,9%. Dados estes, estipulados pela Associação Brasileira dos Revendedores de GLP (ASMIRG-BR).

Vale a pena salientar uma retrospectiva de aumento do botijão de gás no Brasil: no ano de 2004 chegou a custar R$30,17; em 2009 o valor de R$ 38,21; 2012 valor de R$ 39,59; 2014 valor de R$ 43,70, 2015 valor de R$ 66,00.

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Bingo Beneficente: Anderson precisa da sua ajuda!
Dia do Campo Limpo é realizado na escola municipal do Pontilhão
Livro “Um olhar para o passado: fotografias antigas de São Mateus do Sul” é apresentado à comunidade na Feira do Produtor deste sábado (5)