Em 2019 é comemorado os 150 anos da imigração polonesa no Brasil. (Fotos: Coração Nativo)

Aconteceu no último sábado (3), o Baile da Imigração que faz parte da 27ª Tradycje Polskie, elegendo a Rainha e Princesas da festividade que em 2019 comemora os 150 da imigração polonesa no Brasil. Foram eleitas: Rainha – Beatriz de Mello Ianoski; Primeira Princesa – Anna Liz Popenda; e Segunda Princesa – Thalia Pauluk Stepniak.

Para Beatriz, o momento será inesquecível. “Agradeço à Deus e todos os meus amigos e familiares que torceram por mim, mesmo que de longe. Meu agradecimento também vai para toda população que se fez presente no evento e que contribuiu com minha torcida. Estou feliz por ter sido escolhida para ser merecedora do título e poder representar nossa cidade e a cultura polonesa”, diz.

A Primeira Princesa representou também um momento muito importante para a família: suas duas irmãs também já foram coroadas no mesmo Baile nos anos anteriores, passando o título de geração em geração. “Eu e minhas irmãs concorremos sempre em homenagem aos nossos antepassados. Estou me sentindo realizada por conseguir esse título, assim também estou homenageando minha família polonesa”, conta.

Thalia conta que se inscreveu para o concurso pelo seu amor à cultura polonesa. “Venho de uma família polaca em que temos muito orgulho, admiração e respeito pela nossa cultura que é tão bela. Representarei os poloneses primeiramente assumindo esse compromisso com toda a comunidade, com muita ética e responsabilidade”, destaca a Segunda Princesa. Thalia comenta que pretende criar projetos sociais juntamente com a Comunidade Brasileiro-Polonesa (Braspol) do município, promovendo ações em prol à cultura. “São Mateus do Sul é a capital polonesa do Paraná e foi escolhida com carinho pelos nossos ancestrais para aqui se estabelecerem e nos deixarem o legado de um povo forte, humilde e trabalhador.”

O Baile também contou com apresentação do Grupo de Dança Resgate Gaúcho, e o show com a banda Coração Nativo, que animou o Baile com músicas tradicionais polonesas. A cozinha ficou por conta dos voluntários do grupo Anjos de Plantão, com lucro revertido para às ações da entidade.
Sandro Simny Vitonski, presidente da Braspol, afirma que é uma grande vitória a realização e o sucesso do Baile. “Recebemos muitas mensagens de carinho nesta semana elogiando a organização do Baile. Esse reconhecimento que a diretoria está colhendo é uma das melhores recompensas por todo o nosso trabalho”, destaca.

Estudante de Jornalismo que adora escrever e conhecer um pouco sobre a vida e a história de cada pessoa envolvida. Preza pela essência que é repassada na produção de cada matéria, valoriza os pequenos gestos e apoia o ativismo ambiental. E-mail para contato: claudia@gazetainformativa.com.br

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
70 anos do Colégio Estadual Duque de Caxias
Feira: um pouco do interior na cidade
Respirando música entre os ervais, morador da comunidade de Espigãozinho desenvolve música demonstrando seu amor pelo município

Deixe seu comentário

*