Geral

Banda polonesa se apresenta em São Mateus do Sul

Fotos: Thaís Siqueria/Gazeta Informativa e Assessoria PMSMS

Em agosto de 2015, a banda Wolosatki, da Universidade Tecnológica de Kielce, na Polônia, veio ao Brasil pela primeira vez. Na segunda-feira, dia 24 de agosto, às 14 horas, o grupo fez uma belíssima apresentação no Colégio Estadual São Mateus. O evento foi gratuito e aberto à toda comunidade. Além da apresentação musical, houve uma conversa com os jovens explicando qual o caminho para fazer um curso superior na Polônia através de intercâmbio.

De acordo com o diretor do departamento de Relações Internacionais da Universidade Tecnológica de Kielce, Ryszard Maj, a apresentação musical faz parte de um projeto de divulgação da universidade para estudantes brasileiros descendentes de poloneses. “O objetivo da nossa vinda até o Brasil é assinar um convênio que permite intercâmbio estudantil e cultural, de professores, alunos e funcionários entre nossa Universidade e cinco Universidades do Brasil e também três Prefeituras, sendo Mallet, Cruz, Machado e São Mateus do Sul”. Sobre a visita em São Mateus do Sul, Ryszar afirma: “Adoramos a cidade… é um lugar onde tem muitas pessoas com laços da polônia e são todos muito receptivos”, diz.

Wotosatki é um grupo escoteiro vocal e instrumental, criado em 1974. O grupo apresenta composições próprias em sua maioria, cultivando a ideia de cantar polifônico, enquanto que combina tradição com as tendências da música contemporânea. Musicalmente o grupo é movido em bossa nova, blues, reggae e rock. A banda já gravou e lançou vários álbuns, e possui numerosas aparições na televisão, rádio, concertos no país e no exterior que já rendeu muitos prêmios. Os Jovens artistas têm seu próprio estilo reconhecível.

O diretor do grupo é o Ryszard Pomorski e os músicos são: Anna Drej, Tomasz Grzybowski, Tomasz Kiniorski,  Katarzyna Kita,  Jakub Kukulski, Piotr Laczek,  Karolina ?akomiec,  Micha? Pomorski, Dominik Skrzyniarz, Joanna Stefa?ska,  Monika Wo?niak e Magdalena Zawadzka. “A apresentação foi belíssima e agradou todas as pessoas que estiverem presentes. Todos os integrantes do grupo são talentosos, prestativos e simpáticos, que faz toda diferença. Em virtude das músicas envolventes e muito bem executadas, foi possível nos aproximarmos um pouco mais da cultura polonesa”, é o que diz Glacira Prohmann, Diretora Auxiliar do Colégio Estadual São Mateus.

Parceria

Antes da apresentação, o prefeito de São Mateus do Sul, Clóvis Ledur, se reuniu com Ryszard Maj, para tratar de uma possível aproximação entre o município e a universidade, que viabilizaria o intercâmbio de estudantes são-mateuenses para realização de cursos de graduação e pós-graduação na Polônia. Também participaram do encontro representantes da comunidade polonesa em São Mateus do Sul, da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, lideranças políticas, representantes de instituições religiosas e de ensino, pesquisadores e entusiastas da cultura polonesa.

Em função da grande influência dos poloneses na cultura e na história de São Mateus do Sul – onde 75% da população é descendente de poloneses, segundo o núcleo municipal da Braspol –, Ryszard declarou que a universidade tem interesse em estreitar laços com o município para possibilitar a ida de são-mateuenses para Kielce, e de professores da universidade para São Mateus do Sul. “A Universidade Tecnológica de Kielce tem uma boa estrutura e está preparada para receber estudantes são-mateuenses. Queremos estreitar nossos laços com este município, que tem uma grande população descendente de poloneses”, disse.

O prefeito Clóvis Ledur ressaltou a preocupação do município na valorização da história dos imigrantes poloneses – que ajudaram a construir as bases culturais de São Mateus do Sul, e exaltou a atuação de pessoas e entidades que, voluntariamente, atuam na preservação desta história. Para Ledur, a aproximação entre o município e a universidade é um ganho em cultura e educação.

“Essa parceria tem tudo para ser muito positiva”, explica o prefeito. “Queremos viabilizar essa proposta de cooperação, que se vincula principalmente à área cultural, e poder não apenas enviar nossos estudantes para que estudem no exterior, mas que também possamos receber professores da universidade ou pessoas que possam promover esta troca cultural em nosso município”, finaliza.

Município e universidade devem discutir nos próximos dias um acordo de cooperação para viabilizar a parceria. Na manhã de sexta-feira, 28, o prefeito recebeu a visita do reitor da Universidade Tecnológica de Kielce, Stanis?aw Adamczak, onde foi discutido os termos do acordo.

Elaboração de acordo (sexta-feira, 28 de agosto)

O prefeito de São Mateus do Sul, Clovis Ledur, recebeu sexta-feira, 28, a visita do reitor da Universidade Tecnológica de Kielce, na Polônia, professor Stanis?aw Adamczak, para dar continuidade ao projeto de aproximação entre o município e a instituição. A parceria deve viabilizar a ida de estudantes são-mateuenses para a realização de cursos de graduação e pós na Polônia, e a vinda de professores e pesquisadores poloneses para São Mateus do Sul.

Durante a reunião, o reitor reiterou o interesse da universidade em ter estudantes são-mateuenses em seu quadro de alunos, e falou sobre a excelente estrutura da instituição, que possui cerca de 10 mil estudantes e diversos cursos da área tecnológica. No início da semana, uma comitiva liderada pelo diretor de relações internacionais da universidade, Ryszard Maj – que também participou da reunião de sexta-feira, já havia adiantado o interesse da instituição em viabilizar o acordo.

Com o aval do prefeito Clovis Ledur, a Secretaria Municipal de Educação e Cultura deve preparar nas próximas semanas um documento oficial referente ao acordo de colaboração entre o município e a universidade, com os detalhes e possibilidades da aproximação, que serão divulgados na sequência. O documento será assinado pelo prefeito e encaminhado à Polônia, para assinatura do reitor Stanis?aw Adamczak.

Ao final da reunião, o prefeito presenteou o reitor da universidade polonesa com o livro “São Mateus do Sul – 100 Anos”, da escritora Audrey Farah, que traz relatos e informações sobre a imigração polonesa no município e outras informações sobre a cultura e a história da cidade. A comitiva da universidade presenteou o município com uma cópia da fotografia oficial da cerimônia de beatificação do polonês Karol Wojtyla, o papa João Paulo II.

Com informações da Assessoria PMSMS

Confira a galeria de fotos da apresentação:

Últimos posts por Thaís Siqueira (exibir todos)

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
São Mateus do Sul é prestigiada por veículos antigos de toda região
Grupo de jovens participa de retiro no Rio Grande do Sul
Retrospectiva 2016