Jornal de São Mateus do Sul (PR) e região

Banheiro público de São Mateus do Sul passa por reforma

O banheiro foi reaberto nesta última semana. A reforma trouxe maior acessibilidade para
a população. (Fotos: Cláudia Burdzinski)

Situado ao lado da Igreja Matriz São Mateus, o único banheiro público municipal agora conta com um espaço modificado e acessível para pessoas portadoras de deficiências motoras.

A obra, custeada com verbas próprias do município, totalizou R$ 39.688,44. A reforma iniciou há aproximadamente 3 meses, e foi reaberta nesta última semana. De acordo com Marcello Daniel Jacopetti, Secretário de Obras do município, o motivo para essa reforma é devido à má utilização, e a depredação de vândalos que estragaram a estrutura.

“O banheiro é uma edificação antiga e antes da reforma estava bastante danificado, como torneiras e vasos sanitários quebrados”, comenta. O Secretário conta que antes o banheiro público possuía uma má utilização, e consequentemente, acarretava mau cheiro.

Passando por interdições para amenizar os problemas, o banheiro continuou sendo depredado. Observando essas questões, a equipe civil da prefeitura, elaboraram um projeto que modificava a estrutura do banheiro. “Reaproveitamos a edificação como um todo, e fizemos a adaptação do banheiro para as questões de acessibilidade”, destaca Marcello.

Ele também ressalta que o espaçamento necessário, como rampas e corrimão de acessibilidade também foram adquiridos no banheiro masculino e feminino. “Mesmo possuindo essas adaptações, todas as pessoas, com ou sem deficiência motora, podem utilizar perfeitamente do espaço.”

Os banheiros também possuem um revestimento reforçado para evitar novos vandalismos. Portas, descargas, torneiras e válvulas possuem suportes mais resistentes do que os convencionais. “Espero que a população utilize adequadamente dos banheiros, pois é o dinheiro público que está investido lá dentro”, expressa Marcello.

 

Segundo João Alfredo, Secretário de Administração do município, a equipe municipal resolveu estabelecer um horário de utilização dos banheiros. Eles serão abertos às 8h, e fechados às 17h. Nos finais de semana, a proprietária do Quiosque da Madah ficará com as chaves dos banheiros, e se responsabilizará pela limpeza e fechamento do mesmo, de maneira paliativa.

Além disso, existem pessoas responsáveis pela limpeza do banheiro no período da manhã e também a tarde nos dias da semana. Essa disponibilização foi adquirida para trazer melhores condições de uso do ambiente público. “Não queremos que os banheiros voltem como eram antes. Estamos trabalhando para melhorar ainda mais esse funcionamento”, encerra João Alfredo.

Cláudia Burdzinski

Cláudia Burdzinski

Estudante de Jornalismo que adora escrever e conhecer um pouco sobre a vida e a história de cada pessoa envolvida. Preza pela essência que é repassada na produção de cada matéria, valoriza os pequenos gestos e apoia o ativismo ambiental. E-mail para contato: claudia@gazetainformativa.com.br
Cláudia Burdzinski
Compartilhe esta reportagem...Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Print this page


Comentários: