A legislação atual permite a destinação de mercadorias apreendidas pela Receita Federal para instituições sem fins lucrativos, como a APAE. (Foto: Acervo Gazeta Informativa)

No dia 15 de junho a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de São Mateus do Sul realiza o Bazar Solidário com produtos doados pela Receita Federal. O evento ocorre das 8h às 18h, na sede da instituição. A expectativa dos organizadores é atrair mais de 500 pessoas para o Bazar, uma vez que eventos como este costumam atrair um número expressivo de pessoas pela qualidade dos produtos e preço diferenciado do mercado convencional.

Mais de mil produtos estarão à disposição, entre eles, eletrônicos, videogames, jogos de PS4, caixas acústicas, mantas, faqueiros, jogos de panela, entre outros. Os preços praticados no Bazar Solidário serão variados de acordo com a categoria de cada produto, porém, estarão com um valor bastante competitivo.

Segundo o 1º Diretor Secretário da APAE SMS, João Felchak, esta é a segunda vez que um evento com produtos doados pela Receita Federal ocorre na instituição, a primeira edição ocorreu entre os anos de 2009 e 2010, com um saldo muito positivo para a instituição. Segundo ele, ter a possibilidade de promover um evento como este é algo muito importante para a instituição, já que, neste momento, a APAE dedica esforços para arrecadar verbas que viabilizem a construção de uma nova sede, com ampliação da área escolar e da clínica médica, além de garantir a adaptação necessária para o conforto e mobilidade dos alunos e dos pacientes.

De acordo com Felchak, a equipe de Captação de Recursos da APAE mobilizou um significativo esforço para que este evento pudesse ocorrer. “Por diversos anos enviamos ofício realizando a solicitação das mercadorias. Nos anos eleitorais a Receita é vedada de distribuir as mercadorias apreendidas, assim ano ímpar pode ser liberado, ano par a liberação é vedada. O atual Presidente da APAE, Luiz Cesar Pabis, vem incentivando a busca por esta forma de captação de recursos. A primeira vez que recebemos foi ele quem conseguiu também”, explica.

A legislação atual permite a destinação de mercadorias apreendidas pela Receita Federal para instituições sem fins lucrativos, como a APAE. Cabe a cada instituição desenvolver o trâmite necessário para que o evento possa ocorrer, enviando ofícios aos Delegados Regionais da Receita Federal a fim de demonstrar a intenção de receber as mercadorias. A seleção é realizada dentro do órgão da Receita Federal para definir qual será a instituição beneficiada em receber o lote de mercadorias apreendidas. No lote destinado, os auditores fazem uma mescla de mercadorias e comunicam o Presidente da instituição para providenciar a retirada destas em data determinada por eles.

Serviço

O que? Bazar Solidário APAE com Produtos doados pela Receita Federal.

Quando? 15 de junho.

Que horas? Das 8h às 18h.

Onde? Salão Social da APAE (Entrada pela Rua Treze de Maio).

O que preciso levar? Documento oficial com foto e CPF.

Forma de pagamento? À vista no dinheiro ou cartão (débito).

Texto escrito por Vanessa Kruchelski Huk de Campos, Assessoria de Comunicação APAE/São Mateus do Sul.

Redação do jornal Gazeta Informativa

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Conheça os candidatos do Conselho Tutelar de São Mateus do Sul
Acadêmico constrói protótipo de veículo elétrico autossuficiente em energia
Morre Jorge Train, ex-prefeito de Antonio Olinto

Os comentários estão fechados