Situada na Avenida Ozy Mendonça de Lima, 955, a Bel Confecções está em atividade desde o ano 2000. (Fotos: Ana Alice Santos/Gazeta Informativa)

Maria Izabel Krinski (Bel) tem 54 anos de idade, 32 anos de carreira empreendedora e 8 de trabalho na loja “Casa Confiança”, na época localizada ao lado da Pernambucanas, onde adquiriu experiência com o Seu Erasmo (em memória) e Dona Amélia Toporowicz despertando o sonho de seguir curso no vestuário em que há 20 anos saiu do papel.

Bel relata que deve tudo o que aprendeu com vendas de tecidos, vestidos de noiva, armarinhos, e assim por diante, aos seus primeiros patrões. “Trabalho no ramo desde os 14 anos e sou apaixonada pelo que faço, o que garante minha excelência na qualidade dos meus produtos e carinho no atendimento”, afirma. Bel também comenta que não pretende mudar-se de endereço devido ao fácil acesso aos clientes já habituados.

A Bel Confecções é uma loja que só tende a crescer cada vez mais com ética e profissionalismo. Para quem ainda não conhece,
faça uma visita e se surpreenda!

Situada na Avenida Ozy Mendonça de Lima, 955, o nome “Bel Confecções” vem da abreviação de seu segundo nome, Izabel. Loja em atividade desde o ano 2000.

Atualmente, a empresa conta com 7 funcionários e seu horário de atendimento é de segunda à sexta-feira, das 8h30 às 19h e aos sábados das 8h30 às 16h. Além de roupas desde o tamanho bebê ao especial, a loja oferece artigos para presente, semijoias, roupas femininas e masculinas bem como brinquedos.

Bel sente-se grata por trabalhar há 20 anos com a marca Rommanel e levar seus artigos para pessoas
que reconhecem ser um presente e tanto.

As dificuldades do empreendedorismo sempre foram o medo e a insegurança da estabilidade financeira e localização. Segundo Bel, há 20 anos, o cenário era de difícil acesso e desenvolvimento de clientes.

Além das formas de pagamento nos cartões, Bel faz divulgações das exclusividades de sua loja nas redes sociais. Sua procura pela clientela é bem abrangente.

A história

Catequista com Lídia Furman, uma pessoa de fé e amiga. Bel expõe com carinho que têm muita consideração por ela. Mais tarde, encerrando as atividades com a colega no ramo de calçados devido ao espaço pequeno, focou-se no ramo de confecções, onde trabalhava juntamente com Adriana Ferraz na PetyBel, acompanhando o trajeto até a chegada na Bel Confecções. Pety e Bel trabalharam juntas na Casa Confiança. “Eu e a Pety começamos a dar curso de tricô e vender lã, até hoje as pessoas lembram e comentam que aprenderam, vinham do interior, foi uma fase maravilhosa da vida”.

Bel faz questão de enfatizar que suas filhas hoje, formaram-se no Ensino Superior através de méritos próprios e reconhecem todo o esforço de uma vida de sua mãe. Brunna, sua filha mais nova, cursou Engenharia de Produção no Centro Universitário de União da Vitória (Uniuv) e Luanna, a filha mais velha, Direito na Universidade Vale do Iguaçu, em União da Vitória. “Sinto-me feliz por minhas filhas hoje estarem administrando as lojas e eu as acompanhando”.

Da esquerda para a direita Brunna, sua filha mais nova, Bel e Luanna, a mais velha. Bel atende suas lojas hoje, juntamente com Luanna. Totalizando ao todo 9 pessoas na equipe.

Funcionárias que vê como filhas, Bel agradece ao trabalho de cada uma e reconhece seus esforços em prol de um crescimento muito além de pessoal e/ou profissional, mas também como comércio atuante no município.

Maria Izabel conta que em 20 anos teve muitos clientes que são fieis até hoje, “devo tudo o que sou enquanto pessoa e empreendedora a eles pois fazem parte de mim em diferentes áreas da minha vida, lembrando minha primeira professora e cliente há 32 anos Marly Nadolny”. Viu muitos clientes irem embora à trabalho, formação de família, superação de dificuldades. Desde sempre apegada com as histórias de vida de cada um, disse para a equipe de reportagem da Gazeta Informativa que são amigos que se formaram ao longo de sua trajetória, assim sendo, conhecendo a nova geração são-mateuense de clientes que decorreram desses 40 anos de biografia empreendedora.

Suas primeiras funcionárias foram Adriana Ferraz, onde há um afeto pela pessoa maravilhosa que é, segundo aponta. Sua prima, Maria Bernadete K. Cechinatto de 53 anos, compartilha os 20 anos de sucesso na íntegra. A recente, chama-se Franciane Macuco, “garantindo o crescimento do seu profissionalismo com um local que só tem a agregar, compartilha de seus aprendizados pessoais para cumprimento de metas que, não somente ela, mas todas esforçam-se a cumpri-las com responsabilidade”, reconhece Maria Izabel.

Em conversa com a nossa equipe à pergunta referente a quais objetivos de início de carreira trouxeram até os dias atuais por ter visto que lá atrás já lhe agregaria valores íntegros ao profissionalismo, respondeu que sempre quis trilhar um caminho onde o sonho é possível ser vivenciado no dia a dia apesar das controvérsias.

Joelma Zackcheski, cliente há cerca de 16 anos da loja, comentou a nossa redação que o que lhe faz ser fiel, é o atendimento sempre perspicaz que recebe.

A mudança de vida e endereço

Originou-se numa época supersticiosa do ano, a Quaresma e a Lua Minguante. Acreditava-se que para o empreendedorismo, não seria viável, impedindo o crescimento. “Onde tentaram me impor medo, sobressaí-me, não dando ouvidos a quem estava tentando me tirar do foco de que Deus jamais deixa um servo Dele na mão”.

Maria Bernadete K. Cechinatto, 53 anos de idade, já dedicou 33 anos de sua vida na Bel Confecções. Bel sente-se honrada em ter uma profissional tão ímpar há tanto tempo, “que juntas possamos trilhar ainda mais histórias”, frisa Bernadete.

“Desejo que seja um ano de muitas bênçãos, à você Bel. Sei que merece e é esforçada. Que honra fazer parte dessa história de superação diária”, diz a cliente e amiga Telma Staniszewski.

Seu sonho futuro é passar para a geração familiar que tudo é possível com determinação. “Abdicar de momentos prazerosos e confiar que tudo pude quando Ele me fortaleceu, é meu legado. Que lembremos das coisas boas que vivemos”, afirma emocionada.

Bel ainda evidencia que além da Bel Confecções, a família possui a Loja Girassol, no ramo de calçados, que fica localizada na Rua Tenente Max Wolff Filho, 342, Centro de São Mateus do Sul. Telefone para contato (42) 3532-6703.

A equipe do jornal Gazeta Informativa deseja os mais sinceros votos de feliz aniversário desse comércio cheio de superação pessoal e profissional. Que seja mais um ano próspero, pois a equipe consegue e é merecedora.

Bel comenta que seus artigos para presente abrangem um público amplo. Brinquedos, roupas íntimas, calças, as melhores marcas você encontra na loja física e via redes sociais.

Ana Alice Santos
Ana Alice Santos

Últimos posts por Ana Alice Santos (exibir todos)

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Ecológica Print reinaugura novo espaço em São Mateus do Sul
Loja Selfie completa 1 ano de sucesso
‘A hipnose em vendas’ é tema de curso em São Mateus do Sul