Geral

Cães são envenenados na Vila Amaral

Os cães foram envenenados por chumbinho, produto proibido. (Fotos: Arquivo Pessoal)

A Organização Não-Governamental (ONG) de Proteção Animal Quatro Patas, de São Mateus do Sul, realizou no sábado (7), uma passeata de conscientização de maus tratos pela Vila Amaral, mais precisamente nas proximidades das ruas João Santos Leal e Emílio Prohmann, onde na segunda-feira (2), quatro cães foram envenenados. De acordo com informações, os animais apareceram em péssimas condições de saúde e os moradores revoltados com a situação prestaram um boletim de ocorrência, acionando logo em seguida alguns membros da ONG.

“Dos quatro cães, três eram de rua e um possuía lar. Destes, apenas uma cadela conseguiu ser socorrida por voluntários e após passar alguns dias internada, conseguiu um adotante. Ela é chamada de Mel e morava nas ruas sendo cuidada e querida por várias famílias”, diz Lila Vidal, membro da ONG.

Mel foi a única cadela que sobreviveu ao envenenamento. Agora ela ganhou um novo lar e já está se recuperando. Na foto, ela e sua nova dona Camila Müller.

Não é a primeira vez que essa situação acontece na região da Vila Amaral. Segundo levantamento feito pela ONG, no início de 2017, 14 cães foram envenenados de uma só vez no local, sendo 12 de rua e 2 que possuíam um lar. Nenhum sobreviveu. “Esses cães provavelmente estão sendo envenenados por chumbinho, produto proibido”, comenta a voluntária. A comercialização do chumbinho é ilegal, e quem vende está infringindo o Art. 273, do Código Penal, com pena de 10 a 15 anos de prisão.

A Justiça está averiguando as denúncias, e há fortes indícios de quem seja o autor desses envenenamentos. “Os supostos responsáveis foram denunciados à Polícia Civil. Eles já são praticantes de outros crimes de maus tratos, como agressão a animais de rua”. Durante a mobilização de conscientização no sábado, os voluntários da ONG realizaram a panfletagem nas casas dos moradores e conversaram sobre o que são maus tratos, quais são as consequências penais desses atos e como efetuar as denúncias. Os voluntários foram bem recebidos pelos moradores e notaram a revolta da população quanto ao ocorrido. Foram colocados cartazes em alguns comércios destas ruas também.
A ONG ressalta que não recebe denúncias de maus tratos – seja de qual tipo for -, pois é necessário que o denunciante seja quem presencia ou tem conhecimento do crime. “Sempre orientamos que quem presencia ou sabe de algum caso, se dirija diretamente à Polícia Civil ou ao Ministério Público, munido de todas as informações possíveis. A ONG apoia que as denúncias sejam feitas porque esta é a única maneira de fazer com que a justiça se cumpra.”

Em outros bairros de São Mateus do Sul já houve casos semelhantes, como no alto da Vila Pinheirinho e nas proximidades da Rua dos Evangélicos na Vila Americana. “Alertamos que quem comete maus tratos contra animais está infringindo o Art. 32 da Lei Federal 9.605/98, pena de até 1 ano de prisão e multa.”

O que são maus tratos? Envenenar; bater; matar; manter acorrentado; manter em locais pequenos e sujos; não oferecer um abrigo se o animal fica fora de casa; não dar alimentação e água fresca; não levar ao veterinário quando necessário; entre outros exemplos.

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Bebê de São Mateus do Sul tem dedo da mão cortado em hospital de Curitiba
Representantes dos caminhoneiros não confirmam a possível paralisação divulgada nas redes sociais
A história de um pai que é feito do amor sanguíneo e do amor de coração