Política e Cidadania

Câmara de São Mateus do Sul terá duas mulheres a partir de 2017

Fernanda Garcia Sardanha atingiu a marca de 1.247 votos, sendo a 2ª mais votada. Por sua vez, a professora Marta Regina Centa fez 990, ficando na 4ª posição. Serão novas duas representantes que se somam aos outros cinco novos vereadores que vão compor o Legislativo entre 2017/2020.

Na história de São Mateus do Sul, apenas outras quatro mulheres ocuparam cadeira parlamentar: Eunice de Almeida Fillus (1993/1996 e 1997/2000), Adelaide Minervini Prolla (2001/2004), Vera Lúcia Karpinski Ferreira (2001/2004) e Isaura Adrianski Ulbrich (2005/2008).

Assistente Social: Fernanda Sardanha

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Em sua 1ª tentativa, teve êxito no pleito, sendo conduzida para a Legislatura 2017/2020. A eleita comenta que o número de mulheres, ainda, está muito aquém do número de homens nas Câmaras, mas agora fica mais forte. “Essa representativa, agora com duas mulheres, vai ser muito fortalecida”, frisa a assistente social, concursada, de São Mateus do Sul há quinze anos.

A linha de trabalho deve seguir dentro de políticas nas áreas de saúde e assistência social. “A gente tem um pouco mais de conhecimentos nesses setores, mas não quero me deter apenas neles. Quero fazer um amplo debate e discussões em outras áreas com a comunidade”, afirma a vereadora eleita pela coligação do atual vice-prefeito Clóvis Distefano.

“O objetivo é trabalhar num projeto de mobilização e organização social das comunidades, fomentando a participação dessas pessoas nas decisões públicas”, explica. A ideia da vereadora e se dirigir até as localidades, ouvir o povo e construir projeto coletivo. “Em conjunto com o povo, a coletividade, rompendo com ideias individualistas.”

A assistente social disse, ainda, que pretende manter o posicionamento junto ao grupo que representa. “Mas acredito que as pessoas devem romper com interesses pessoais e atender aos interesses do povo.” Fernanda é casada com Marcos Alexandre Sardanha e tem uma filha de onze ano: Milena Garcia Sardanha.

Com a palavra, professora Marta

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Marta é solteira, filha de José e Ester Centa, e tem quatro irmãos Nilza, Clair, Clélia e Neli. A professora é especialista em meio ambiente e desenvolvimento regional, educação de jovens e adultos e educação do campo. No magistério atua há vinte anos, como professora e coordenadora pedagógica, e como diretora há 16 anos do Colégio Professor Eugênio de Almeida, localizado em Fluviópolis.

Também trilha por ações em entretenimento e cultura. “Atuo, ainda, em projetos de teatro e cinema em parceria com o diretor Igor Moreira. Com o objetivo de incentivar à Cultura.” Além disso, a nova vereadora enumera outros fatores. “Essa conquista é fruto de um trabalho coletivo e são anos de trabalho em equipe. São votos conquistados pelo perfil de trabalho, pela história profissional”, afirma.

“Sinto-me feliz em ser escolhida pelo amigo Marcos Mello por me filiar no PR [Partido da República]. Por muitos anos recebi vários convites, porém não me sentia com vontade de participar da política partidária”, destaca. Em sua 1ª filiação e tentativa eleitoral, atingiu êxito: se elegeu. “Mas isso é fruto de um trabalho de equipe, meu sentimento e de gratidão aos meus pais, à família, aos amigos. Juntos, realizamos um trabalho de equipe”, reconhece, dividindo o mérito da conquista.

Sobre sua função e atuação na Câmara ela é direta. “É ouvir a população. Pretendo conversar com os colegas vereadores para planejarmos de que forma fazer isso. O povo não quer mais briga partidária, o povo quer que ‘as coisas aconteçam’”. Professora Marta visa um trabalho mais integrado. “Então não tenho uma área a ser focada, mas sim, verificar as necessidades da população. Estou disposta a trabalhar junto com o executivo”, sinaliza.

Sidnei Muran

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Sessão da Câmara é marcada por trocas de farpas entre vereadores
Servidores públicos municipais lotam sessão ordinária da Câmara de Vereadores
Jovem advogado trilha em busca da prefeitura