Jornal de São Mateus do Sul (PR) e região

Campereada Solidária movimentará prendas e peões são-mateuenses neste fim de semana no município

Departamento cultural da 6ª Região do Movimento Tradicionalista Gaúcho do Paraná (MTG/PR), promoverá ação solidária de arrecadação de alimentos, produtos de higiene e roupas na Vila Amaral. (Foto: Acervo Gazeta Informativa)

As ruas da comunidade da Vila Amaral, em São Mateus do Sul, serão tomadas por peões e prendas neste sábado (21), que promoverão a Campereada Solidária em prol à Casa de Passagem São Vicente de Paulo, a partir das 13h, com partida do Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Rancho Alegre.

Um dos principais objetivos da realização da ação solidária, é integrar os CTG’s com a comunidade, demonstrando que essas entidades também se preocupam com a cidadania, além de cultuar as tradições locais. A Campereada irá passar de casa em casa, por toda a Vila Amaral, arrecadando alimentos, roupas, utensílios domésticos e produtos de higiene.

A ação foi idealizada pela diretora cultural e artística da 6ª Região do Movimento Tradicionalista Gaúcho do Paraná (MTG/PR), Geomara Kavilhuka, que conta com a colaboração das prendas Samira Maluf, Raiane Cruz, Tamires Menezes, Rosenara Menezes, Allys Guerra, Larissa Bortolan, e os peões Júlio Cesar Chul e Fábio Rossato, além da colaboração de outros membros dos CTG’s da cidade e da própria comunidade são-mateuense que colaborarão com a Campereada Solidária.

Geomara comenta que também elaboraram algumas caixinhas do Troco Solidário em prol a Campereada Solidária, onde foram distribuídas em alguns pontos comerciais da cidade, também visando angariar recursos que serão destinados à aquisição das necessidades da entidade. Os locais do troco solidário são: Celeiro Shop, Agrocomercial Pavanelo, Clargel Embalagens, Lanchonete do Gaúcho, Loterias Pé Quente, Padaria Bueno.

A movimentação iniciará logo pela manhã do sábado na Feira Livre do Produtor com a concentração de prendas e peões que estarão divulgando a Campereada e possivelmente contarão também com algumas apresentações artísticas, segundo Geomara.

“Esperamos que o povo são-mateuense colabore com nossa ação, pois já fizemos ações similares em eventos dentro dos próprios movimentos e funcionou muito bem. Vemos como é fundamental a importância em colaborar com a Casa de Passagem”, comenta a diretora.

De acordo com a idealizadora da ação, novas ideias já estão sendo programadas para acontecerem brevemente em São Mateus do Sul. “Pretendemos sim estender nossas ações para toda a cidade. Em breve já estamos programando mais um dia especial em homenagem aos admiradores dos CTG’s.”

Compartilhe esta reportagem...Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Print this page


Comentários: