(Imagem Ilustrativa)

Tenho visto nas redes sociais, algumas pessoas indignadas pelo fato de alguém doar alimentos para famílias vulneráveis e anunciar o feito na internet. As pessoas estão usando como argumento a passagem do Evangelho onde Jesus diz que tua mão esquerda não saiba o que a direita fez.

Esse é um ensinamento muito sábio e conveniente para quem pratica a caridade, que é uma ação íntima e, portanto, ninguém precisa ficar sabendo.

Mas em certas ocasiões, a caridade precisa se tornar solidariedade e envolver a sociedade em geral, para alcançar aquele número de necessitados que uma ação individual não alcança.

Se a caridade vem de dentro para fora, a solidariedade vem de fora para dentro, ela precisa ser provocada, ser incentivada, ser exemplificada, e é nesse momento que se mostra importante as campanhas de ajudas, lideradas por instituições filantrópicas, grupos de amigos, meios de comunicações e entidades religiosas.

Se em algum momento, Jesus nos pede recolhimento, em outros ele nos convoca para a ação, e para a ação é preciso uma comunidade inteira trabalhando por um bem comum.

Portanto queridos amigos, se você é solidário e participa de campanhas de ajudas continue fazendo isso, você está agradando a Deus.

Se você faz caridade sem alardes, continue fazendo, porque você está agradando a Deus.

Mas se você faz caridade e anuncia aos quatros cantos, eu te digo uma coisa: continue fazendo, porque se o teu ato matar a fome de um irmão, Deus vai se agradar da mesma forma.

Muita paz a todos e até a próxima semana.

Oscar Okonoski
Últimos posts por Oscar Okonoski (exibir todos)

Comentários

MATÉRIAS RELACIONADAS
Uma mensagem de Bezerra
Escolha das Provas
O isolamento e os divórcios