A história de São Mateus do Sul está guardada neste espaço. (Fotos: Hugo Lopes Júnior/Gazeta Informativa)

A Casa da Memória Padre Bauer comemora nesta sexta-feira, dia 16 de setembro, seus 26 anos e reabre ao público com uma Exposição de Arte inédita com acervo próprio, com telas retratando um pouco de São Mateus do Sul. A exposição, além de reinaugurar esse espaço cultural, também faz parte das comemorações do aniversário de São Mateus do Sul, que é no dia 21 de setembro.

As telas nunca foram expostas em grupo antes e pertencem ao acervo da casa ou da Prefeitura Municipal, retratando alguns dos momentos da história da cidade, inclusive uma delas, um óleo sobre tela, retrata a primeira capela de São Mateus do Sul e tem-se poucas referências em relação a ela. Caso alguém possua alguma notícia oficial sobre o autor e ano em que foi feita, ajudaria a completar as informações. Sobre a capela retratada, tem-se informações que foi onde ocorreu a 1ª missa na cidade em local apropriado, no dia 16 de agosto de 1890, pelo padre Peters e ficava na rua 21 de Setembro, próximo onde hoje é o Lar São Mateus e que deve ter sido demolida no final dos anos 60 ou início dos 70.

A história de São Mateus do Sul passa por aqui.

A casa que abriga a Casa da Memória também é uma parte da nossa história.

A exposição contará com 10 telas e terá início no dia 17 de setembro, permanecendo aberta até o dia 15 de outubro, sendo organizada pela diretora de Cultura Mônica Zampier e pela coordenadora da Casa da Memória, a professora Hilda Jocele Digner. A exposição e a Casa da Memória funcionarão no horário das 10h até às 16h diariamente, de segunda à sexta-feira, sem fechar para o almoço. “Esse horário é para dar uma opção a mais para visitação, visto que muitos trabalham no horário comercial e ficam impedidos de realizar a visita”, comenta a professora Hilda. Devido aos protocolos sanitários, haverá limitação do número de visitantes ao mesmo tempo e a direção da Casa da Memória explica que visitas de grupos ou de escolas, devem ser agendadas antecipadamente pelo telefone (42) 3912-7050 ou também por e-mail: casadamemoria@saomateusdosul.pr.gov.br.

Também pesquisadores e outros interessados que necessitem de orientações sobre o acervo da Casa da Memória podem agendar horários para serem atendidos sem interferências e com a devida atenção. “Devido ao tempo que teve que permanecer fechada por causa da pandemia, muitas pesquisas deixaram de ser realizadas e a partir da sua reabertura devem ocorrer diversos pedidos de pesquisas e a intenção é poder atender a todas as solicitações de maneira adequada”, diz a professora Hilda Digner.
Assim, com esta exposição de arte, mais um ponto turístico de São Mateus do Sul retorna as atividades e volta a atender os visitantes e pesquisadores, sejam eles alunos em busca de material para pesquisas escolares ou professores e pesquisadores sobre as muitas faces da história de São Mateus do Sul, sejam fatos históricos, peças ou informações de personagens para os mais diversos fins.

Hugo Lopes Júnior
Últimos posts por Hugo Lopes Júnior (exibir todos)

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Suícidio: o perigo do isolamento social
Tradição gaúcha em boas mãos
Gato preto: A origem da superstição