Educação e Cultura

Casa Familiar Rural promove participação da comunidade no Circuito de Piscicultura em União da Vitória

Participação das comunidades de São Mateus do Sul marcam conjunto de atividades do Projeto Plantando Educação e Pescando Agroecologia, desenvolvido pela Casa Familiar Rural, patrocinado pela Petrobras e Governo Federal. (Fotos: Acervo CFR)

Na terça-feira (25), a Casa Familiar Rural (CFR), de São Mateus do Sul, promoveu em parceria com a Emater e Secretaria da Agricultura de União Da Vitória, a participação de 50 pessoas das comunidades de São Mateus do Sul no Circuito da Piscicultura.

O Circuito contou com a presença dos técnicos da Emater de União da Vitória e dos pesquisadores do Centro de Piscicultura (CEPEA), com o objetivo de orientar os piscicultores de São Mateus do Sul sobre o manejo adequado da atividade, visando o fortalecimento da produção do município para incrementar a renda dos piscicultores familiares.
Um dos assuntos discutidos durante o evento foi a situação atual da piscicultura na região, as tendências do setor e oportunidades para a atividade.

O evento contou ainda com diversas tarefas dentre elas a visitação na agroindústria JJPeixes na comunidade do Rio Vermelho, de propriedade de João Fersch e Júlia Fersch, onde foram analisadas as questões referentes a preservação e licenciamento ambiental. Os participantes conheceram a legislação vigente, bem como os aspectos relacionados à sensibilização ambiental. Além disso, foram apresentados os equipamentos e instalações adequados para o aumento da produtividade e processamento do peixe.

O almoço foi no Pesque Pague Baur de propriedade de Wilson e Andressa Baur, que faz parte da Associação de Piscicultores da região, que desenvolve o turismo rural e tem na piscicultura uma alternativa a mais para a geração de renda na propriedade, servindo em seu restaurante diversas opções de pratos a base de peixe.

Segundo a avaliação dos participantes, o dia foi proveitoso e válido no sentido de incentivar a melhoria da atividade para São Mateus do Sul.

No CEPEA, sob orientação de José Shiptoski técnico da Emater, e também do pesquisador do local, os participantes puderam acompanhar o processo de alevinagem e discutir a possibilidade de construção de um plano de piscicultura para o município de São Mateus do Sul, como forma de fortalecer a agricultura familiar.

“Este é apenas um dos eventos promovidos pelo Projeto Plantando Educação e Pescando Agroecologia, outros mais estão previstos por um período de dois anos”, comenta Sinara Soares, professora e coordenadora do projeto.

A CFR possui contingente hídrico disponibilizado em tanques que encontravam-se desativados, mas com a implantação do projeto, estão sendo transformados em espaços de aprendizagem. Com a reestruturação dos tanques, será criada uma Unidade Demonstrativa, a qual contempla a construção do laboratório de piscicultura de 71 m2, que servirá de referência para as famílias dos jovens que poderão acompanhar o processo de criação, manejo estrutural e alimentar, com acompanhamento nas etapas de escolha de espécies, desenvolvimento dos alevinos, em diversas fases da cadeia produtiva até o abate e processamento para comercialização.

O suporte técnico será dado pela veterinária Graziele Amaral Pinheiro, pela zootecnista Denise Volpi, da Casa Familiar Rural, da Secretaria Municipal da Agricultura de São Mateus do Sul e pela Universidade Estadual do Paraná (Unespar) Campus União da Vitória, através do CEPEA da mesma cidade.

Serão realizados cursos de formação para pessoas das comunidades, que abordará temas pertinentes a todas as etapas da atividade de produção, como o planejamento, incluindo planilhas de despesas e receitas bem analisadas para que a opção pela piscicultura seja consciente e economicamente viável.

Através de palestras na CFR, serão contemplados conteúdos específicos que abordam temas de difusão de tecnologias para as cadeias produtivas da piscicultura, a partir de orientações técnicas sobre a produção de peixes, desde a sua criação, manejo até o processamento e culinária.

Também serão realizadas visitas de estudos em Unidades de Referência na região, para conhecer da cadeia produtiva, tais como pesque pague, centro de pesquisas em aquicultura, agroindústrias de processamento do peixe e cooperativas da região.

A Casa Familiar Rural convida a população são-mateuense para conhecer de perto este projeto para a agricultura familiar.

Fonte: CFR

Redação do jornal Gazeta Informativa

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Jovens do grupo de dança do Centro da Juventude são destaques em festivais de dança
Intercâmbio para a Polônia e novos cursos para a Uniuv de São Mateus do Sul são temas de reunião
UNIUV realizará concerto acadêmico com pianista polonês

Os comentários estão fechados