O casal Edilaine e Diogo recebeu presentes e o afeto dos familiares e amigos no último domingo, celebrando a chegada da pequena Helena Aparecida, de maneira segura. (Fotos: Éber Deina/Gazeta Informativa)

O período de quarentena, vivido por todo o planeta, colocou o assunto em pauta na maioria das conversas e do cotidiano. O modo de viver de todos os indivíduos foi profundamente afetado, o que independe do contágio efetivo com o Covid-19. A sensação de insegurança vivida por todos requer atenção e empatia. Dentro desse cenário, algumas atitudes têm inspirado muito no que toca ao amor e à compaixão pelo próximo.

Na edição nº 261 da Gazeta Informativa foi veiculada uma reportagem tratando da realização de uma “chárreata”. O termo começou a ser pronunciado com maior frequência no Brasil, pois foi uma maneira alternativa muito criativa, encontrada pelas pessoas para celebrar momentos importante da vida dos seus próximos. A realização desses eventos ocorre para preencher o momento dos chás-de-bebê, nos quais a família recebe lembranças e carinho dos amigos nos períodos marcantes da gravidez. Uma avó teve a ideia de promover o evento para sua filha, enchendo o último domingo (14) de alegria e comemoração.

Celebrando a vida

O casal Edilaine Aparecida Franco Terres e Diogo Cauca Lemes está unido há 6 anos. No ano passado, os dois se fortaleceram após o aborto do primeiro anjinho da família, que agora cuida de todos, direto dos céus. Em meio ao cenário repleto de notícias aterradoras, o amor é uma pauta que sempre ecoa. A união e o companheirismo entre os dois produziu um novo fruto, a pequena Helena Aparecida, que agora cresce no ventre da mãe.

A realização da chárreata

Se reuniram em frente ao campo de futebol da Vila Americana, diversos carros de amigos e familiares do casal. Eles foram convidados pela avó Rosina, que muito contente pela chegada vindoura da neta, decidiu organizar o evento para não deixar a data passar em branco. Cerca de 20 veículos, alguns decorados com bexigas, percorreram a distância do campo até a residência de Edilaine e Diogo, também localizada no mesmo bairro.

Portando máscaras e buzinando para comemorar, os amigos e familiares surpreenderam o casal, que muito emocionado, recebeu os presentes e felicitações daquelas pessoas que importam bastante em sua existência. O amor e a fé superam todos os obstáculos, sentimentos demonstrados pela mais nova família que irá receber a dádiva da vida.

Os carros se aproximaram da residência do casal buzinando, surpreendendo Edilaine e Diogo, que ficaram muito agradecidos.

As chárreatas se tornaram populares no Brasil, surgindo em função da pandemia do Covid-19,
que impede a aglomeração de pessoas.

Os familiares e amigos que participaram do evento, se reuniram em frente ao campo de futebol da Vila Americana,
partindo então até a residência do casal.

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Gazeta Informativa completa 3 anos e entrega os exemplares do jornal em livro personalizado ao acervo histórico do município
Vivendo em Hong Kong
Posse da nova diretoria da subseção da OAB em União da Vitória, na qual São Mateus do Sul faz parte, é realizada