O evento é aberto para quem também não é sócio do Clube. (Foto: Acervo Gazeta Informativa)

O Cepe, que é aberto para todo o público são-mateuense e não apenas para os empregados da Petrobras, estará organizando no dia 10 de novembro, a partir das 14h, atividades recreativas para a família e também ao público adulto.

Segundo a organização, acontecerá uma gincana para os sócios e não-sócios do Clube, atividade que será de forma gratuita e toda a família pode participar. Uma novidade também para esse ano será a corrida do chopp nomeada de “Beer Run”, em que cada participante correrá 5 km carregando um caneco de chopp. “A cada quilômetro corrido, o participante ganhará um caneco de chopp”, explica Iris Janoski, uma das colaboradoras. Para essa atividade há um custo de R$ 20 para os sócios e R$ 35 para os não-sócios – valores para suprir os custos da atividade.

(Imagem Ilustrativa)

De acordo com a organização, além das atividades de integração também haverá barraquinhas de xixo, hambúrguer, pastel, churros, chopp, refrigerantes e sucos. “Queremos que as pessoas passem um dia diferente com a família e os amigos. Esse é o objetivo do Cepe”, afirma a equipe.

(Imagem Ilustrativa)

Há cerca de 21 anos o Cepe é aberto para todo o público são-mateuense. “Realizamos essas integrações para mostrar para a comunidade que o Cepe é um local que todos podem se associar”, explica Iris. Por ser um clube de associados, a efetivação e pagamento da mensalidade dão a liberdade de uso do espaço do clube. O associado só pagará taxa à parte se utilizar de aulas particulares ou de algum dos salões disponíveis. Participe das atividades programadas e conheça o clube.

Serviço

O que? Corrida do Chopp e Gincana;
Quando? 10 de novembro;
Horário? A partir das 14h;
Valor? Gincana – gratuita, corrida do chopp de R$ 20 para os sócios e R$ 35 para os não-sócios;
Quem pode participar? Toda a comunidade são-mateuense, sócios e não-sócios do Clube.

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Grupo de são-mateuenses amantes do vinho comemoram quatro anos de confraria
São Mateus do Sul é contemplado no programa Cidades Digitais
O que mudou na lei que proíbe fogos e artefatos de artifício em São Mateus do Sul