Jornal de São Mateus do Sul (PR) e região

Colégio Estadual São Mateus promove a I Semana de Filosofia e Sociologia junto aos alunos da instituição

Temas do cotidiano são o foco da Semana de Filosofia e Sociologia do colégio da rede estadual de São Mateus do Sul. (Foto: Alexandre Müller/Gazeta Informativa)

O Colégio Estadual São Mateus (CESM), de São Mateus do Sul, promoveu a I Semana de Filosofia e Sociologia nos dias 17 e 18 de outubro junto aos alunos da instituição. O evento contou com palestras de diversos temas com profissionais renomados na região.

O evento que visou promover um amplo debate sobre questões pertinentes e desafiadoras às ciências sociais no cenário nacional atual, auxiliando no preparo dos estudantes para a realidade social, surgiu depois da conversa informal entre os colegas professores das disciplinas de sociologia e filosofia do CESM que levaram a ideia aos alunos e a direção.

Segundo os professores organizadores, Queila Carvalho de Oliveira, Fábio Andrade Silva, Cassiane Vanessa Andrade e os colaboradores, Odair Pereira Leite e Willer Rabello, a semana educativa promoveu uma maior integração entre os membros da comunidade escolar, para além da escola, expandindo dessa forma o olhar crítico dos atores envolvidos na prática social escolar.

Uma das professoras organizadoras da semana, Queila Carvalho, que leciona a disciplina de sociologia há 5 anos, comenta sobre a participação e envolvimento dos alunos. “Nossos alunos possuem muito senso crítico, são participativos e têm uma sensibilidade diferenciada sobre os assuntos trabalhados em sala de aula. Os temas apesar de serem destinados à reflexão, tomam a realidade de muitos dos alunos que enfrentam algumas questões diariamente, propiciando à eles uma maior visão crítica”, diz.

A semana promoveu palestra com os temas que foram pertinentes a reflexão da sociedade, à exemplo do racismo, violência contra a mulher e a corrupção, levando os alunos ao debate. “Os alunos refletiram sobre o porquê, no século 21, ainda nos deparamos com o racismo num país miscigenado como o Brasil”, afirmaram os professores.

Dentre os palestrantes e temas, estavam: os doutores Antônio Charles Almeida, que abordou o tema racismo; Geyso Dongley Germinari, educação; o Juiz de Direito André Olivério Padilha, corrupção; Os mestres, Felipe Onisto, crime e violência; Anderson Renzcherchen, música; os professores Stéphany Rodrigues Ferreira, violência contra a mulher; e Reginaldo dos Santos, redes sociais.

De acordo com os professores organizadores da semana, a oportunidade foi crucial aos alunos. “Os temas trouxeram uma visão diferenciada à teoria que diariamente estão adaptados às salas de aula, com uma dinâmica participativa junto à palestrantes que são professores acadêmicos e doutores em suas respectivas áreas”, destacam os professores.

Compartilhe esta reportagem...Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Print this page


Comentários: