Educação e Cultura

Colégios estaduais de São Mateus do Sul recebem investimentos do Governo do Estado

Cerimônia efetivou a entrega de computadores e a apresentação dos recursos obtidos através da chefia da Casa Civil do Estado. (Foto: Alexandre Müller/Gazeta Informativa)

O encontro realizado na sexta-feira (26/01) reuniu o chefe da casa civil, Valdir Rossoni junto dos diretores da rede estadual de ensino de São Mateus do Sul para a assinatura do termo de adesão ao Programa Escola Conectada, criado para atualizar o parque tecnológico das escolas públicas pelo qual estão sendo disponibilizados R$ 283 milhões para a compra de computadores.

Os colégios de São Mateus do Sul receberam 58 novos computadores que serão destinados aos setores pedagógicos e administrativos, objetivando aprimorar o atendimento e consequentemente o ensino dos alunos.

Foram 3 computadores para a Escola Anselmo Folador, 10 unidades para o Colégio Duque de Caxias, 4 unidades para o Centro Estadual de Educação Básica para Jovens e Adultos (CEEBJA), 6 unidades para o Colégio Eugênio de Almeida, 6 unidades para o Colégio do Lajeado, 6 unidades para o Colégio Orlanda Distefani Santos, 5 para o Colégio Paulo Stencel, 10 unidades para o Colégio São Mateus, 4 unidades para o Colégio do Turvo e mais 4 unidades para o Colégio Zuleide Portes.

Na oportunidade os diretores escolares enalteceram o empenho da Casa Civil do governo do estado junto às instituições e elencaram as benfeitorias provindas através do programa Escola 1.000, que disponibilizou a quantia de R$ 700 mil a sete dos dez colégios do município para a reforma e melhora na infraestrutura dos estabelecimentos, obras que já estão quase em sua finalidade e alcançam milhares de alunos são-mateuenses, como destacam os diretores.

Os colégios também comemoram o repasse de cota extra para aquisição de materiais permanentes, ou seja, mobiliários como armários, mesas, arquivos e demais, no valor de R$ 8 mil destinados diretamente a cada um dos colégios.

Dentre outras melhorias, se destaca o repasse de duas verbas ao Colégio Estadual São Mateus no valor de R$ 150 e R$ 152 mil destinados respectivamente a troca da fiação elétrica e a ampliação da rede elétrica da instituição. O Colégio Estadual do Campo Professor Eugênio de Almeida recebeu verba para a construção de um anfiteatro no valor de R$ 825 mil e a Escola Estadual do Campo Anselmo Folador da comunidade de Cambará, o valor de R$ 130 mil para melhorias de infraestrutura.

Todas as medidas fazem parte do compromisso firmado com a educação pública do Estado por parte do governador Beto Richa, afirma Rossoni que ainda menciona, “São Mateus do Sul é exemplo em gestão educacional, um município que alunos da rede privada são matriculados na rede estadual procurando qualidade”.

O chefe da Casa Civil também adiantou que o governo estadual vai lançar nas próximas semanas um programa de reforma de 200 Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE’s) de todas as regiões do Estado. “Cada unidade receberá até R$ 100 mil e também caberá aos diretores, professores e pais decidirem quais obras deverão ser realizadas. Esse sistema funcionou muito bem e nos ajudou a executar o Escola 1.000 sem grandes problemas, e será mantido”, explicou.

As obras são coordenadas pelo Instituto Paranaense de Desenvolvimento Educacional (FUNDEPAR) e supervisionadas pela Casa Civil. Os diretores aproveitaram o momento para fazer mais reivindicações visando melhorar a estrutura de seus colégios e de acordo com Rossoni, São Mateus do Sul sempre será visto com bons olhos por se exemplo para o Paraná.

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Colégio Estadual São Mateus receberá a instalação de climatizadores em todas as salas de aula
Estão abertas as matrículas na rede estadual de educação do Paraná
Consulado do Coritiba em São Mateus do Sul faz entrega de materiais ao Adolescentro