(Imagem Ilustrativa)

Muito têm se falado em alimentos ditos funcionais e cada vez mais as pessoas buscam resultados mais saudáveis e naturais quando se trata da alimentação, principalmente na base alimentar do dia-a-dia. Mas o que são alimentos funcionais?

A primeira vez que se ouviu falar sobre foi em 1980 no Japão, quando foi implantado o programa FOSHU (food for Specified Health Use) – Alimentos para uso específico da saúde, que combinam produtos comestíveis com moléculas biologicamente ativas e que produzem efeitos de proteção ao nosso organismo.

Ao contrário do que muitos imaginam, os alimentos funcionais vão muito além do “emagrecimento”. De acordo com o ministério da saúde, são considerados funcionais os alimentos cujo consumo regular traga efeitos benéficos à saúde, além das suas funções nutricionais básicas.

Esses alimentos têm um papel potencialmente benéfico na redução do risco de doenças crônicas degenerativas como câncer e diabetes, por exemplo. Em alguns casos, determinados alimentos funcionais até são capazes de restituir doenças preestabelecidas.

Com o aumento significativo na procura e no consumo desses alimentos com características mais preventivas, surge ainda um subgrupo conhecido como “super alimentos” que são ricos em vitaminas, minerais, aminoácidos, ácidos gordos essenciais e antioxidantes, fitonutrientes com elevados benefícios para a saúde.

Ainda há quem diga que comida saudável não é saborosa, mas isso é desculpa para continuar sem repensar os hábitos e preferências alimentares, e como prova de que é possível sim comer bem, super saudável e com muito sabor, uma receita fácil e acessível que vai te surpreender.

QUIBE DE SOJA

Prepare um caldo de legumes fervendo em 2L de água: 1 cebola, 1/2 cenoura, 1/2 talo de salsão cortados grosseiramente com casca e tudo, e também temperos de sua preferência, como pimentas, ervas aromáticas, alho, sementes de coentro, aroeira e o que mais gostar; tudo a gosto. Não coloque sal. Tudo em fogo baixo por 30-35 minutos, coe e reserve o líquido.

INGREDIENTES:

200g de trigo para quibe;
80g de PTS (proteína texturizada de soja)
escura, granulada fina;
02 dentes de alho bem picadinho;
1 Limão;
1 cebola pequena, picada bem pequena, se preferir use o ralador;
Quanto Baste (q.b) hortelã fresca;
Q.B. Pimenta síria;
Q.B. Zaatar;
Q.B. Cominho;
Q.B. Sal.

RECHEIO:

200g de ricota;
100g de creme de ricota;
15g cebolinha picada;
06 un de azeitona picadas;
10 ml azeite de oliva;
30g de provolone;
Q.B. Sal.

Faça Assim:

Hidrate o trigo para kibe em 400 ml de caldo de legumes quente, deixe por 20 min.

Lave e hidrate a PTS em 200 ml de caldo de legumes, adicione o suco de 1 limão e deixe 20 min.

Leve todos os ingredientes da massa para um bowl e misture tudo. Processe metade dessa massa no multiprocessador, e depois retorne junto do restante e amasse com as mãos até ponto de massa homogênea.

Unte o fundo de um refratário com azeite e forre com metade dessa massa.

Recheio:

No processador, bater todos os ingredientes do recheio. Corrija sal e pimenta.

Rechear o refratário já forrado com a massa, nivelar e cobrir com a outra metade da massa.

Levar ao forno pré-aquecido em 200ºC por 25min ou até que esteja assado.

Bom Apetite!

Lincoln Molinari
Últimos posts por Lincoln Molinari (exibir todos)

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Barreado: Muitos anos de história, cultura e sabor
O Pão
O doce do amor