A equipe de profissionais da Apae trabalha diariamente com muito carinho e dedicação, preocupados estritamente com a inserção social efetiva da Pessoa com Deficiência (PcD) em São Mateus do Sul. (Fotos: Divulgação Apae São Mateus do Sul)

A área da saúde, é uma das frentes prioritárias de atuação da Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de São Mateus do Sul. Além da Escola 21 de Outubro, a instituição trabalha arduamente na manutenção do Centro de Atendimento de Saúde José Carlos Obrzut. O espaço é destinado à realização de atendimentos nas áreas da Fisioterapia, Fonoaudiologia, Nutrição, Medicina, Odontologia, Psicologia, Enfermagem, Terapia Ocupacional, Hidroterapia e Assistência Social. A equipe salienta que durante a pandemia, o funcionamento está ocorrendo em conformidade com as normas e orientações providas pelo Ministério da Saúde e pelas Secretarias Estadual e Municipal de Saúde.

Valéria Fernandes da Conceição atua como psicóloga e na coordenadoria da área de Saúde da Apae. Ela comentou sobre a importância dos serviços oferecidos à Pessoa com Deficiência (PcD) em nossa cidade. “Os atendimentos realizados no Centro de Saúde são muito importantes para os alunos que frequentam a Apae. Nosso trabalho baseia-se na busca por mais recursos para a realização destes atendimentos e na promoção dos direitos de existência sadia e bem-estar dos nossos alunos e frequentadores”, destacou ela.

Os princípios de atuação

A instituição atua baseada nos princípios do Sistema Único de Saúde (SUS). O primeiro, refere-se à universalização da saúde, devendo ela ser garantida a todas as pessoas. O segundo, trata-se da equidade, representando a diminuição das desigualdades em nossa sociedade. Por fim, o terceiro princípio é o da integralidade, que considera as pessoas como um todo, atendendo as suas necessidades através de ações integradas. O trabalho em saúde executado pela Apae é focado em qualidade e respeito aos pacientes.

O cadastro junto ao PRONAS/PCD

Visando obter recursos financeiros para os atendimentos em reabilitação/habilitação prestados aos pacientes, desde 2015 a Apae de São Mateus do Sul realizou o cadastro junto ao Programa Nacional de Apoio à Atenção da Saúde da Pessoa com Deficiência (PRONAS/PCD). Isso também permitiu que os serviços fossem dedicados aos moradores do município e também da região.

O acompanhamento à Pessoa com Deficiência (PcD) é realizado em conformidade
com os princípios do SUS (Sistema Único de Saúde).

A diversidade de serviços oferecido pelo Centro de Atendimento de Saúde José Carlos Obrzut, propicia melhorias significativas
na qualidade de vida de muitos são-mateueneses.

Uma das principais finalidades do PRONAS, é incentivar ações e serviços desenvolvidos por entidades, associações e fundações privadas sem fins lucrativos, atuantes especificamente no campo da pessoa com deficiência. Com isso, a oferta de serviços é viabilizada, bem como a prestação de atendimentos médico-assistenciais. Os critérios para o credenciamento de instituições e outras informações, estão contidas no Decreto nº 7.988 de 2013. Outros detalhes pertinentes de recebimento e análise, estão presentes na Portaria nº 1.550 de 2014, do Ministério da Saúde.

Projetos da Apae já contemplados pelo PRONAS

Após o credenciamento acontecer, o envio de projetos foi iniciado no ano de 2016. “Naquele mesmo ano tivemos o nosso primeiro projeto aprovado, intitulado ‘Ampliar Saúde’, tendo a finalidade de fornecer atendimento médico assistencial às pessoas com deficiência, liberado para implementação em 2018, com prazo de execução previsto para 24 meses, sendo esta uma das características do PRONAS, que não permite a repetição de projetos”, esclareceu Daiane Bueno Ogrysko, assistente social da Apae em São Mateus do Sul.

Os atendimentos estão sendo realizados de maneira mais espaçada e em conformidade com todas as normas de segurança em saúde estabelecidas pelo Poder Público. (Foto: Éber Deina /Gazeta Informativa)

Ao longo desses 2 anos, foram atendidos em média 200 pacientes, com cerca de mais de 1200 atendimentos mensais. A Apae comemora as conquistas alcançadas durante esse tempo, totalizando mais de 25 mil atendimentos realizados, mas que infelizmente não poderá ser renovado pelo Programa.

Dentes Saudáveis, Hidro Saúde e Equoterapia

A instituição conta com mais projetos aprovados e apresenta novos anualmente, para que as pessoas atendidas não sejam prejudicadas e tenham acesso a uma ampla gama de serviços. O PRONAS é procurado por instituições do país inteiro, sendo sua utilização muito importante para as pessoas com deficiência moradoras de nossa cidade.

Outros dois projetos foram aprovados no ano de 2017 e estão sendo executados há aproximadamente um ano: Dentes Saudáveis e Hidro Saúde. O primeiro é voltado ao tratamento odontológico e o segundo ao tratamento aquático. Existem ainda, os projetos de Equoterapia (terapia com cavalos) e Oficina de Órteses, que estão aguardando liberação para o início de sua execução. A Apae busca junto ao Ministério da Saúde, o credenciamento e habilitação para atuar como Centro Especializado em Reabilitação com duas modalidades. Algumas das imagens utilizadas nesta reportagem, correspondem ao período anterior à pandemia do Covid-19.

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Ponto de Atendimento ao Empreendedor de São Mateus do Sul recebe prêmio
Concurso público para a Câmara Municipal de Vereadores de São Mateus do Sul está aberto
São Mateus do Sul receberá palestra com o ex-prefeito de Gramado