Jornal de São Mateus do Sul (PR) e região

Conhecimento adquirido nos cursos do CDI foi fundamental para o desenvolvimento profissional de ex-alunos

O CDI está localizado na Rua Guilherme Kantor, 1022, Centro de São Mateus do Sul. (Foto: CDI)

É sempre bom quando vamos ingressar em algum curso ouvir experiências de pessoas que já vivenciaram a atuação na área. Em um mundo onde o mercado de trabalho anda cada vez mais concorrido, um currículo bem elaborado e com cursos realizados fazem grande diferença na hora da contratação. Pensando nisso, o Centro de Desenvolvimento Intelectual (CDI), de São Mateus do Sul, compartilhará o aprendizado de dois alunos que ingressaram nos cursos ofertados pela equipe de colaboradores da instituição. Todo conhecimento adquirido foi fundamental na graduação dos publicitários Renata Tissyane Santana e Willian Theodorowicz.

Renata trabalha atualmente como publicitária da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de São Mateus do Sul. (Foto: Acervo Pessoal)

Estando em atuação há 20 anos no município, promovendo desde o início o leque de cursos ofertados pela instituição, o CDI foi o início tecnológico para muitos jovens no início do século XXI. Renata comenta que conheceu o curso através de uma divulgação feita em seu colégio. “Como era a escola mais conhecida da cidade meus pais me matricularam nela”, relembra. A jovem iniciou nos cursos de informática básica, realizando todos os módulos disponíveis na época, passando por Hardware e AutoCad. “Foram nos programas gráficos que me encontrei”, afirma.

Esse entusiasmo proporcionou uma ótima desenvoltura na hora da criação. Renata conta que com apenas 14 anos desenhou a planta da nova casa da família. “Logo que terminei os cursos, minha família estava prestes a construir e com as noções que tinha aprendido do AutoCad fiz o projeto da casa”, diz. Seus pais levaram a ideia para o engenheiro responsável, a fim de exemplificar como eles queriam que a casa fosse projetada. “Lembro que ele ficou surpreso, pois as proporções dos espaços, medidas, paredes, janelas, portas, etc., estavam corretas”, relembra. O engenheiro questionou a jovem sobre onde ela havia aprendido tudo isso, e comentou que apenas algumas dimensões do vão para a escada estavam um pouco desproporcionais. Renata foi convidada para trabalhar na produção de desenhos prévios das plantas dos clientes. “Fiquei realizada, pois uma das minhas opções para o vestibular era arquitetura. Como na época eu já trabalhava acabei não aceitando a proposta, mas até hoje moramos em uma casa que foi de certa maneira projetada por mim, graças ao CDI”, confirma.

Willian foi incentivado pela mãe para conhecer os cursos disponibilizados pelo CDI. “Minha mãe não teve oportunidades de estudar quando ela era jovem e isso lhe marcou muito, por isso, ela sempre quis que estudássemos para mudar essa história”, testemunha. Com o início da expansão dos computadores nos ambientes de trabalho, o jovem foi matriculado no curso de informática. “Eu passei por todos os cursos na época, desde os básicos até os especializados como Designer Gráfico, Autocad, Webdesign, Hardware, Secretariado, entre outros”, completa. Além desses cursos na área da informática, Theodorowicz também realizou um curso de inglês e afirma que foi uma das áreas que mais aproveitou, pois é bem familiarizado com a língua inglesa e usa diariamente em seu trabalho.

William é sócio-proprietário da Agência Pillare, que trabalha com assessoria empresarial em comunicação e marketing. (Foto: Cláudia Burdzinski/Gazeta Informativa)

Renata e William são graduados em Publicidade e Propaganda, e garantem que a base ofertada pelo CDI foi fundamental para o desenvolvimento durante o ensino superior. “Ao entrar na faculdade eu já tinha experiência e certo domínio da prática nesta área. Pude me dedicar a outras matérias e focar na parte técnica e teórica, enquanto alguns alunos ainda precisavam aprender a usar as ferramentas básicas”, diz Renata.

O publicitário ressalta que os cursos facilitam o desenvolvimento dos alunos para ingressar em um ambiente de estudos à nível superior e também ao mercado de trabalho. “Todo conhecimento é útil. Quando se tem alguns aninhos nas costas, percebemos o quão importante foi um curso ou experiência no passado para tomar uma decisão correta ou aproveitar uma oportunidade em algum momento da vida”, afirma Willian.

Além da grade de ensino ofertada pelo CDI, a equipe de colaboradores também engloba ao sucesso da instituição. “Falar do sucesso de nossos alunos é como falar das habilidades de seu filho: os olhos brilham. Existe uma frase que gosto de usar como mantra e simboliza o que estamos falando: ‘você não é obrigado a plantar, mas a colheita é certa’”, enfatiza Edson Gilson Dacoregio, proprietário do CDI.

O empresário convida toda a comunidade a conhecer um pouco mais a instituição, que hoje conta com nove eixos educacionais, sendo: o primeiro eixo na área de tecnologia com 12 cursos que vão desde o Windows ao curso de manutenção de notebooks; o segundo eixo foca nos cursos de Secretariado, Auxiliar Administrativo, Recursos Humanos e Contabilidade; o terceiro eixo é o Inglês com 5 níveis diferentes; o quarto eixo são os cursos monitorados com 49 temas e softwares diferentes, voltado ao público com necessidades de rapidez e tempo reduzido; o quinto eixo são os cursos online, que atende o público com 31 temas para quem tem dificuldade de comparecer nas salas de aula; o sexto eixo traz como tema o primeiro curso técnico do CDI, focado nas Transações Imobiliárias; o sétimo eixo conta com 16 cursos de graduação; o oitavo engloba 7 diferentes pós-graduações; e o nono foca no “Projeto Termine Seus Estudos”, que tem como objetivo certificar pelo MEC os alunos que desejam terminar seu primeiro e segundo grau.

Quer conhecer um pouquinho mais da grade ofertada pelo CDI? Entre em contato com a equipe: (42) 3532-4466 ou 98803-7972. O CDI está localizado na rua Guilherme Kantor, 1022, Centro de São Mateus do Sul. Horário de atendimento: de segunda à quinta das 8h às 22h; sexta das 7h45 às 18h; e sábados das 7h30 às 17h (todos os horários sem fechar para almoço).

“Falando do Wiliam, da Renata e de tantos outros que instigamos a pensar em uma carreira diferente, não só designer, mas também engenheiros, técnicos e tantas outras profissões, ficamos felizes em saber que que os primeiros passos foram dados em nossas salas de aula. Venha dar um novo curso para sua vida, venha para o CDI e faça sua estrela brilhar”, convida Edson.

Cláudia Burdzinski

Cláudia Burdzinski

Estudante de Jornalismo que adora escrever e conhecer um pouco sobre a vida e a história de cada pessoa envolvida. Preza pela essência que é repassada na produção de cada matéria, valoriza os pequenos gestos e apoia o ativismo ambiental. E-mail para contato: claudia@gazetainformativa.com.br
Cláudia Burdzinski

Últimos posts por Cláudia Burdzinski (exibir todos)

Compartilhe esta reportagem...Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Print this page


Comentários: