Administração e Negócios

Controladoria

Imagem Ilustrativa

Imagem Ilustrativa

A controladoria é um órgão empresarial interno que a cada dia ganha mais espaço e importância. Ela surgiu nas grandes corporações norte americanas pela necessidade de rigorosos controles das atividades empresariais.

Atualmente a controladoria encontra-se mais evoluída, não existindo apenas para garantir o controle interno, mas atuando como staff junto ao nível estratégico da empresa. A missão estratégica da controladoria é atuar como ferramenta de apoio para o processo decisório, pelo fornecimento de informações adequadas que suprirão a necessidade da diretoria no processo de gestão.

Controladoria pode ser definida como uma unidade administrativa que tem a responsabilidade de utilizar todo o conjunto contábil para garantir a continuidade operacional. A contabilidade atua como base, pois permite o controle em qualquer aspecto do tempo, seja ele passado, presente ou futuro, além de exigir a comunicação de informações financeiras, sociais e econômicas.

A transformação da controladoria, do simples controle interno para uma ferramenta estratégica, ocorreu pela própria evolução do mercado, onde a alta complexidade e competitividade acabaram exigindo uma maior capacidade de inovação das empresas, isso a nível mundial.

Toda essa transformação, muitas vezes associadas a incertezas futuras, criou a necessidade de adaptação, o que forçou os modelos de gestão serem submetidos a mudanças que não haviam sido planejadas, que por sua vez afetou a maneira que ocorria seus controles. Então a controladoria passa a ter contribuição estratégica justamente por ter a capacidade de subsidiar a direção empresarial, de modo a garantir uma boa condição para a empresa no futuro.

Portanto, cabe à controladoria estratégica a definição do projeto, participação na elaboração, implementação e manutenção do sistema de informação que integrará informações contábeis, financeiras e não financeiras.

No Brasil, a controladoria foi introduzida pelas multinacionais que acabaram se instalando no país, mas seu conceito ainda é novo, principalmente nas micros e pequenas empresas. No entanto, a grande transformação no mercado brasileiro está exigindo das empresas um maior controle de suas atividades, principalmente quando se trata de custos, isso para se adaptarem a uma nova realidade, o que acaba abrindo espaço para o crescimento dessa unidade.

O profissional responsável por exercer a controladoria é o controller, função muito bem remunerada e que exige grande nível de conhecimentos. Além de contabilidade e finanças, é necessário amplo conhecimento organizacional e de gestão, principalmente para atuar junto ao nível estratégico da empresa.

Por fim, a controladoria deve assegurar a eficácia organizacional através da maximização de resultados, além de permitir saber a qualquer hora onde a empresa está e para onde deve ir.

Nos encontramos na próxima edição! Bons Negócios.

Últimos posts por Eleandro Soares (exibir todos)

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Pesquisa Mercadológica: uma ferramenta orientativa
Cargos, salários, remuneração e carreira
Erros fatais que destroem qualquer empreendimento | Parte 02