O atendimento dos pacientes com suspeita de Covid-19 está sendo realizado de maneira descentralizada, através das unidades de saúde públicas do município. (Fotos: Éber Deina/Gazeta Informativa)

O cenário de pandemia ocasionado pela Covid-19, ou o coronavírus, impôs uma série de desafios aos indivíduos por todo o planeta. Os desafios também foram transferidos aos representantes das gestões federais, estaduais e municipais ao longo deste tempo que está totalizando praticamente 2 anos. Tendo em vista a observação de uma melhoria dos quadros relacionados à doença, a equipe da Gazeta Informativa preparou uma reportagem especial, acerca da situação vivida atualmente em termos de combate à pandemia da Covid-19.

A Prefeitura Municipal divulga diariamente um boletim onde estão disponíveis informações relacionadas à situação de casos em investigação, que é enviado pela Vigilância Epidemiológica e conferido pela equipe de Vigilância em Saúde. Até o fechamento desta edição, o município não possui casos ativos do vírus. O número de casos monitorados é de 7, assim como o de casos aguardando o resultado do exame. São Mateus do Sul conta com 4.924 confirmações ao longo do período pandêmico e 84 óbitos totalizados. Para mais informações acesse saomateusdosul.pr.gov.br.

Ações da secretaria de Saúde

A atual secretária de Saúde do município, Daiane Metka Ribeiro, comentou sobre as ações desenvolvidas pela Secretaria, relacionadas ao cenário vivido desde 2020 até os dias atuais. “Estou realizando um trabalho de continuidade da secretária anterior escolhida pela gestão municipal, que enfrentou um período repleto de dificuldades e desafios. Nosso objetivo é manter este nível de atuação e dar prosseguimento à tomada de medidas relacionadas ao coronavírus. Atualmente, estamos vivendo um cenário mais tranquilo, mas alguns cuidados ainda são recomendados por nós da secretaria de Saúde, além de existirem orientações federais e estaduais neste sentido”, destacou ela.

As unidades de atendimento em saúde municipais encontram-se à disposição da população são-mateuense para as consultas médicas e tratamentos relacionados a Covid-19, mas também às demais doenças.

Tendo em vista a melhoria quanto ao cenário pandêmico, as unidades sentinela foram desativadas.

O Centro da Juventude serviu como base de apoio para uma importante unidade sentinela no município são-mateuense, onde os casos de Covid-19 eram tratados de maneira exclusiva.

Outro assunto comentado pela secretária, foi o encerramento das atividades localizadas nas unidades sentinela no município. “No mês de outubro, após a realização de estudos e do acompanhamento da nossa situação local, mas também em termos da nossa regional de saúde, decidimos finalizar as atividades das unidades-sentinela localizadas junto ao Centro da Juventude e também ao lado do Pronto Atendimento Municipal. Apesar de estarmos começando a viver uma nova realidade, ainda recomendamos que a população se cuide o máximo possível e respeite as orientações relacionadas à prevenção que ainda estão em vigor”, evidenciou Daiane.

Importância da vacinação

Acerca deste tema, tendo em vista um cenário positivo vivido pelo estado do Paraná de maneira geral, o secretário estadual de Saúde, Beto Preto, comentou. “O Paraná sempre foi referência em vacinação porque há uma rede muito organizada e os municípios têm estratégias muito amplas. Com a Covid-19 não é diferente. As equipes trabalharam de domingo a domingo e o resultado é visível: queda nos índices de pandemia e avanço na marcha da vacina”, destacou ele.

A secretaria municipal de Saúde reitera a importância da população continuar buscando a vacinação. “Pedimos para que as pessoas continuem se vacinando, seja em sua 1ª, 2ª ou 3ª dose. Graças à vacinação poderemos contar com mais indivíduos imunizados e o sonho de voltar uma realidade mais tranquila se tornará mais próximo”, destacou a secretária de Saúde do município. De acordo com o “vacinômetro” da Prefeitura Municipal de São Mateus do Sul, até o fechamento desta edição, o número de imunizados com a 1ª dose é de 36.771, os imunizados com a 2ª dose é de 27.491, e com a 3ª dose é de 2.818 cidadãos.

A força dos profissionais da saúde

Tendo em vista o cenário de desgaste físico-emocional vivido pelos profissionais da saúde nos últimos meses, a secretaria municipal reforçou o agradecimento e o esforço realizado por todos. “Nossas equipes de saúde locais, representada principalmente por médicos e profissionais da enfermagem, entre outros, merecem todo o respeito e agradecimento. Graças a eles o enfrentamento da pandemia pode ser realizado e, apesar dos momentos difíceis da perda de familiares, muitas vidas foram salvas através da atuação desses profissionais”, agradeceu a secretaria municipal.

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Campanha Dezembro Vermelho chama atenção à prevenção ao HIV e outras doenças sexualmente transmissíveis
Primeira morte por coronavírus no Brasil é registrada em SP
Equipe de saúde de São Mateus do Sul faz treinamento para enfrentamento da pandemia da Covid-19