Geral

Corpus Christi leva manifestações de fé para às ruas de São Mateus do Sul

(Fotos: Thaís Siqueira)

(Fotos: Thaís Siqueira/Gazeta Informativa)

No feriado de Corpus Christi, em São Mateus do Sul, quinta-feira, dia 04 de maio, às 6 horas da madrugada, muitos fiéis arregaçaram as mangas e enfrentaram o frio, para confeccionar os tradicionais tapetes.

A missa e a procissão
Segundo o Padre Joviano José Salvatti, a tradicional missa de Corpus Christi foi realizada às 10h, na Igreja Matriz São Mateus, que foi muito bem preparada pelas equipes que organizaram a celebração. A Missa, celebrada pelo Padre Joviano, superou todas expectativas de público de acordo com organizadores e colaboradores do evento religioso que mobilizou a comunidade católica local.

Cerca das 11h deu-se início a procissão, da frente da Igreja Matriz São Mateus, descendo pelas escadarias; subindo pela Avenida Ozy Mendonça de Lima até a rotatória em frente à Loja Toppel; seguindo pela Rua 21 de Setembro até a esquina com a Rua Barão do Rio Branco; descendo por esta até a esquina com a Rua Paulino Vaz da Silva; subindo por ela até ao trevo em frente à Gruta de Nossa Senhora de Fátima, seguindo pela Avenida Ozy Mendonça de Lima e subindo novamente as escadarias até a porta principal da Igreja Matriz São Mateus.
“Este é o terceiro ano que celebro aqui o Corpus Christi. Com isso, pude perceber que foi o melhor ano. Pois, houve maior participação do povo e foi preparado de uma forma mais bonita, tanto a celebração, quanto a elaboração dos tapetes. Agradeço a todos que puderam contribuir para tudo isso acontecer da melhor forma possível. Foi muito lindo”, relata o Padre Joviano.

Dezenas de fiéis montaram tapetes de serragem em comemoração a Corpus Christi, data católica destinada à celebração da eucaristia.

Dezenas de fiéis montaram tapetes de serragem em comemoração a Corpus Christi, data católica destinada à celebração da eucaristia.

Conheça as equipes que organizaram os tapetes:
1) Da frente da Igreja Matriz São Mateus até a esquina com a Loja Toppel: Catequese (catequistas, catequizandos, pais e mães, etc.) e Pastoral da Criança.
2) Da esquina com a Loja Toppel até a esquina com a Loja Zípperer: Pastoral da Pessoa Idosa, Pastoral Familiar e Pastoral Carcerária.
3) Da esquina com a loja Zípperer até a esquina com a Academia Hábitus: Grupo de Jovens Paulo Apóstolo, RCC; MECEs e Cartório Shramm.
4) Da esquina com a Academia Hábitus até a escadaria da Igreja Matriz São Mateus: Grupo de Jovens JUC, CEP e comunidade da Vila Amaral.

Saiba onde ficaram os altares da procissão:
1) Em frente à Igreja: MECEs (EUCARISTIA)
2) Na esquina da Padaria Kosinski: Catequese (Ano da Vida Consagrada)
3) Na esquina da Loja Zípperer: Pastoral da Pessoa Idosa (Campanha da Fraternidade 2015)
4) Na esquina da Academia Hábitus: Grupo de jovens Paulo Apóstolo e RCC (Ano da Paz)
5) No trevinho (rotatória próximo à gruta de N. Sra): Grupo de jovens JUC e comunidade da Vila Amaral (MISSÕES/IGREJA EM SAÍDA MISSIONÁRIA)

História da Festa de Corpus Christi
De acordo com informações do Padre Joviano, a festa de Corpus Chrsiti surgiu no século XII, na diocese de Liège, na Bélgica, por iniciativa da freira Juliana de Mont Cornillon, que em suas visões o próprio Jesus pedia uma festa anual em honra do sacramento da Eucaristia. Em 1247, realizou-se a primeira procissão eucarística pelas ruas de Liège, como festa diocesana, tornando-se depois uma festa litúrgica celebrada em toda a Bélgica. Em 11 de agosto de 1264, o papa Urbano IV decretou, pela Bula Transiturus, a instituição da Festa de Corpus Christi, mas a celebração só ganhou caráter universal no século XIV, quando o papa Clemente V confirmou a Bula de Urbano IV, tornando a Festa da Eucaristia um dever canônico mundial. Em 1317, o Papa João XXII publicou na Constituição Clementina o dever de se levar a Eucaristia em procissão pelas vias públicas.

Outras missas e procissões
Além da Igreja Matriz São Mateus, também houveram outras manifestações de fé, como na Igreja Paróquia Nossa Senhora Aparecida e Czestochowa, Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e outras, que confeccionaram lindos tapetes e organizaram belas celebrações.

Confira as fotos:

 

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Intransitável: motoristas e autoridades exigem melhorias na BR 476
Acadêmicos formados pela UNIUV recebem diploma no ato da colação de grau
São Mateus do Sul e Canoinhas são premiados em festival de dança