(Imagem Ilustrativa)

Se rebuscarmos na história, veremos que as crises são cíclicas, e talvez Deus permita para que sirva de aprendizado para a humanidade.

A pandemia que vivemos hoje é semelhante à da gripe espanhola em 1918-1920, sintomas iguais, recomendações iguais visando o isolamento social. O ponto negativo da pandemia de 100 anos atrás, era a falta de comunicação, o ponto positivo de agora é a rapidez da informação, graças a internet. O ponto negativo de agora, é que não aprendemos nada com a anterior, negacionismo (escolha de negar a realidade como forma de escapar de uma verdade desconfortável), notícias falsas, e rebeldia ao isolamento, que foi responsável pela maioria das mortes são idênticas ao que está acontecendo agora.

A crise anunciada da economia mundial, tal qual a grande depressão de 1929, vai causar falências e desemprego no planeta todo. Vemos muitos preocupados com seus empregos, mas não podemos esquecer que antes dessa crise, só no Brasil já tinha 12 milhões de desempregados e pouca preocupação por quem estava empregado.

E a crise hídrica que estamos passando em virtude da estiagem, é igual a crise de 1977, com poços secos no interior, racionamento nas cidades maiores, agonia do Rio Iguaçu e as lindas cataratas virando apenas um paredão de pedras. No entanto ainda vemos pessoas desperdiçando esse líquido tão precioso.

Enquanto nós, como humanidade não tirarmos os ensinamentos que as crises trazem, e se usarmos esses conhecimentos para promover o bem geral, Deus continuará permitindo as crises, assim como precisamos repetir o ano na escola quando não aprendemos as matérias.

Desejo a todos, muita reflexão, paz, luz e cuidados.

Oscar Okonoski
Últimos posts por Oscar Okonoski (exibir todos)

Comentários

MATÉRIAS RELACIONADAS
Criança quer doce
Sintonizando com o bem
Sentimentos de Natal