O Processo Seletivo Simplificado (PSS) destinado à contratação de professores para a rede estadual de educação, teve a data de sua prova de conhecimento adiada para o próximo dia 10 de janeiro de 2021. (Fotos: AEN-PR)

A avaliação correspondente à prova de conhecimento do PSS (Processo Seletivo Simplificado), que visa a contratação temporária de professores, foi transferida para o início do ano que vem. O Governo do Paraná adotou a medida em função do aumento no número de casos de Covid-19 ao longo de todo o nosso estado, adiando o referido evento para o próximo dia 10 de janeiro de 2021.

O protocolo preventivo foi adotado pelo Cebraspe (Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos), entidade responsável pela elaboração do concurso público. O edital prevê a contratação de pelo menos 4 mil profissionais ao longo de todo o Paraná, sendo as vagas ampliadas no decorrer do ano que vem. De acordo com a instituição organizadora, o processo seguirá com as mesmas regras. Os locais de prova serão distribuídos nas cidades-sede dos 32 Núcleos Regionais de Educação (NRE), sendo divulgados em breve.

Governo do Estado ressalta a importância da decisão

De acordo com o Governo do Estado, serão tomadas as devidas medidas de segurança e higiene em saúde, no dia de realização da prova. Os locais onde serão aplicados os testes deverão ser higienizados previamente e contar permanentemente com álcool em gel para o manuseio de objetos. Vale destacar que o uso da máscara será obrigatório, assim como a medição da temperatura de todos os envolvidos, já na entrada. Os candidatos receberão orientação dos fiscais, para que o distanciamento social seja mantido em todos os momentos da realização da prova.

O PSS é um instrumento de contratação de profissionais em caráter temporário, utilizado pelo Governo do Paraná visando à seleção e à contratação de profissionais para atuar junto à rede pública de ensino.

47 mil candidatos

O secretário estadual da Educação e do Esporte, Renato Feder, comentou sobre a realização do PSS. “O processo de seleção dos profissionais da nossa rede está sendo aprimorado e, ao mesmo tempo, estamos mantendo a valorização dos profissionais que já contam com uma titulação e experiência, e que compartilham de uma caminhada com a gente”, disse ele. De acordo com informações prestadas pelo secretário, 47 mil candidatos tiveram a candidatura deferida, estando aptos à realização do certame.

Novidades do processo seletivo

No ano de 2021, o PSS estadual contará com uma novidade, sendo ela a aplicação única de uma prova de conhecimento da área na qual o candidato estiver inscrito. Não haverá prova de redação e banca como foi inicialmente previsto. A prova de títulos e o tempo de serviço continuarão fazendo parte do processo. “A decisão pela não utilização desses formatos de avaliação foi tomada após amplo diálogo com os professores, de acordo com o secretário Renato Feder. De acordo com o Governo do Estado, o PSS é um instrumento destinado a selecionar profissionais para atender ao suprimento temporário de professores e funcionários das escolas na rede pública estadual de ensino. Tal processo é realizado de acordo com as normas estabelecidas em editais, publicados previamente no endereço eletrônico da SEED-PR (Secretaria da Educação e do Esporte).

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Com múltiplas personalidades, mulher cega volta a ver
Grupo Karolinka faz prestação de contas da III Mostra do Folclore Polonês
Bingo beneficente ajudará são-mateuense com câncer de mama