Delegado Michel Leite Pereira da Silva. (Foto: Cláudia Burdzinski/Gazeta Informativa)

Nos últimos dias, a 3ª Subdivisão Policial de São Mateus do Sul está recebendo boletins de ocorrências que enfocam sobre celulares clonados e golpes de estelionatários. Nas mensagens enviadas pelo aplicativo WhatsApp, os criminosos entram em contato como se fosse o responsável pela linha de telefone e pedem emprestado valores em dinheiro. “Devolvo o dinheiro amanhã”, enfoca uma das mensagens.

Na tarde desta quarta-feira (11), a equipe da Gazeta Informativa esteve participando de uma coletiva de imprensa com o delegado Michel Leite Pereira da Silva, que atua em São Mateus do Sul. Segundo ele, as clonagens podem ser feitas através de links que espelham os dados do telefone. Os criminosos também têm o total acesso da conta telefônica e dessa forma conseguem encontrar contextos para o golpe.

“As pessoas que aplicam esse tipo de crime são inteligentes e trabalham com o afeto na maioria dos casos”, expressa o delegado. A principal recomendação é de que, se alguém enviar mensagem pedindo valores em dinheiro, o morador deve entrar em contato via telefonema com o número que enviou a mensagem para confirmar a informação. Se você estiver com o número hackeado, o recomendável é cancelar a linha para evitar futuros danos.

A Polícia Civil está registrando os boletins de ocorrência para controle interno e segue investigando os casos.

Novo delegado

Michel é natural de Brasília e está há um ano em São Mateus do Sul. Anteriormente atuava como delegado adjunto do município e desde outubro de 2019, passou a assumir o cargo interino no lugar de André Luís de Oliveira Vilela, que foi transferido para União da Vitória.

“A gestão será pautada na modernização da delegacia e na celeridade da tramitação dos feitos, conforme determinação do delegado geral e chefe da divisão policial do interior”, diz.

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Motociclista de União da Vitória necessita de doação de sangue após acidente na BR-476
Atropelamento deixa ciclista morto na BR-153 em Paulo Frontin
Universitário morto em Curitiba será sepultado em São Mateus do Sul