Cidade

Desfile cívico emociona são-mateuenses no aniversário de 110 anos do município

A data comemorativa reuniu milhares de pessoas que juntas acompanharam o desfile e as apresentações do município. (Fotos: Gazeta Informativa)

Dragão, cuia de chimarrão, carroça e até o Marshall, mascote do Corpo de Bombeiros, se misturaram às fanfarras que embalaram o desfile cívico que aconteceu na sexta-feira (21), em comemoração aos 110 anos de emancipação política de São Mateus do Sul. Milhares de munícipes assistiram as apresentações que iniciaram pela manhã no alto da rua Dom Pedro II.

Instituições públicas e privadas usaram da criatividade e preparam temas para suas apresentações. A abertura do desfile cívico contou com a apresentação da música “Terra do Mate”, feita pelo compositor Tiago Ferreira Athayde em homenagem ao aniversário do município. “O ritmo é contagiante e é uma letra que gruda em nossa cabeça”, destaca Cláudio Polinski, morador que chegou cedo para acompanhar a tradicional festividade.

O desfile iniciou com a apresentação do 15° Grupo de Artilharia de Campanha Autopropulsado – Grupo General Sisson, da cidade da Lapa, que marchou e emocionou são-mateuenses de todas as idades pela representatividade patriota. A banda do grupo também marcou presença.

Solidariedade, conscientização e cultura estavam entre os temas das apresentações, que trouxeram para o público a criatividade de crianças, jovens e adultos para diversos temas de nossa sociedade, como a imigração, a importância da leitura e o setembro amarelo na prevenção contra o suicídio. Os grupos de dança da cidade deram um show em frente ao palco onde encontravam-se representantes municipais como o Prefeito, Secretários, Empresários e líderes de órgãos de segurança pública.

“Todos abrilhantaram o evento com belíssimas homenagens. Quero deixar meu agradecimento especial a todos os profissionais da educação, comunidade escolar, pais e alunos por honrarem essa data tão especial com a participação no desfile”, diz Jorge Manfroni, Secretário de Educação e Cultura. Manfroni também comenta que foi uma manhã de muito orgulho pela demonstração de civismo, carinho e muito amor dos munícipes pelas cores da pátria e da querida e amada São Mateus do Sul.

Nos bastidores do desfile a ansiedade tomava conta, e as fanfarras das escolas municipais acertavam os últimos detalhes antes da apresentação. “Todos esses momentos vão ficar para sempre na memória das crianças, pois eu lembro quando desfilava de suspensório no meu tempo de escola”, afirma a são-mateuense Ângela Aparecida, que assistiu a transmissão ao vivo de todo o desfile feita na página da Gazeta Informativa no Facebook, que alcançou mais de 6,6 mil visualizações.

Durante a tarde, os são-mateuenses participaram da Rua do Mate, que contou com um espaço para recreação, entretenimento, um bom chimarrão dos colaboradores da IG Mathe, tenda cultural, alimentação feita pelas entidades e várias apresentações culturais.

Cláudia Burdzinski

Cláudia Burdzinski

Estudante de Jornalismo que adora escrever e conhecer um pouco sobre a vida e a história de cada pessoa envolvida. Preza pela essência que é repassada na produção de cada matéria, valoriza os pequenos gestos e apoia o ativismo ambiental. E-mail para contato: claudia@gazetainformativa.com.br
Cláudia Burdzinski

Últimos posts por Cláudia Burdzinski (exibir todos)

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Prefeitura Municipal disponibiliza cartão de estacionamento para idosos
Falta de combustível faz prefeitura de São Mateus do Sul reduzir circulação da frota
Mulheres são-mateuenses organizam a 1ª Feira da Lua Cheia

Os comentários estão fechados