O trabalho realizado pela APAE-SMS (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) é referência no que diz respeito ao acesso à educação e à saúde pública de qualidade, voltados ao atendimento das pessoas com deficiência no município
de São Mateus do Sul. (Fotos: Éber Deina/Gazeta Informativa)

Na última quinta-feira (3), foi celebrado mundialmente o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência (PcD). A data tem o objetivo de ressaltar tanto a necessidade, quanto a importância da inclusão social destes indivíduos, de maneira com que os mesmos sejam vistos com um olhar mais respeitoso por parte de toda a sociedade. De acordo com informações divulgadas pela ONU, aproximadamente 10% da população mundial possui algum tipo de deficiência.

O Estatuto da Pessoa com Deficiência, regulamentado através da Lei Federal nº 13.146 de 2015, constituiu um avanço bastante significativo. Ele contém diversos aspectos, desde o combate a estereótipos por parte da administração pública, assim como a proposição da erradicação de preconceitos e qualquer outra prática prejudicial às pessoas com deficiência. No entanto, o desafio da inclusão social é uma batalha diária. Cabe a todos nós enquanto sociedade esta responsabilidade!

A atuação da APAE em São Mateus do Sul

Merece grande destaque, a importantíssima atuação exercida pela APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) de São Mateus do Sul. A entidade completou 40 anos no último mês de outubro, superando muitos desafios e proporcionando diretamente a melhoria da qualidade de vida das pessoas com deficiência em nossa cidade. Atualmente a instituição conta com cerca de 130 alunos matriculados, além de manter atendimentos através do SUS (Sistema Único de Saúde) e do projeto PRONAS/PCD (Programa Nacional de Apoio à Atenção da Saúde da Pessoa com Deficiência).

O Centro de Saúde José Carlos Obrzut da APAE-SMS realiza diversos atendimentos clínicos e de Assistência Social com excelência, sendo de muita importância para a comunidade são mateuense.

(Secretaria da Justiça, Família e Trabalho do Paraná)

Além da Escola 21 de Outubro, a APAE-SMS atua junto a área da saúde das pessoas com deficiência em nosso município. A manutenção do Centro de Saúde José Carlos Obrzut realizada através de muito esforço, é para que continuem sendo oferecidos diariamente, serviços nas áreas de Fisioterapia, Fonoaudiologia, Nutrição, Medicina, Odontologia, Psicologia, Enfermagem, Terapia Ocupacional, Hidroterapia e Assistência Social.

A importância da inclusão social

A Lei de Inclusão, citada no início desta reportagem, trouxe algumas garantias fundamentais às pessoas com deficiência no Brasil. No entanto, ainda é uma necessidade fazer com que todos os direitos advindos dela produzam efeitos reais na sociedade. A questão de inserção destes indivíduos na sociedade brasileira é algo sempre pertinente, tendo em vista as dificuldades diárias vividas por esta importante parcela da população brasileira.

Um dos objetivos da Lei de Inclusão, é garantir que as pessoas com deficiência tenham direitos próprios, para que se igualem perante a sociedade, deixando-as no mesmo nível de convívio, locomoção, atendimento em órgãos públicos, garantindo ensino de qualidade, capacitação e também a inclusão profissional destes indivíduos. Cabe a todos nós enquanto cidadãos, respeitar e enaltecer o valor das pessoas com deficiência, convivendo em estado de igualdade com todos dentro da comunidade.

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Comer alho, cebola ou feijão dá cólicas no bebê? Conheça esse e outros mitos da amamentação
Professores da rede estadual manifestam contra governador do Paraná em sua vinda à São Mateus do Sul
Mallet comemora 103 anos com programação diversificada