O documento acima é um título de eleitor de 1934. Pertenceu a Leonilda Kantor. Ela nasceu em 1916 e viveu até os 98 anos de idade. Foi professora na Escola Municipal Dr. Paulo Fortes, na disciplina de Artes Manuais, casou e teve filhos. Quando jovem, gostava de carnaval; algumas fotos dela (aproximadamente 1930), fazem parte do acervo fotográfico da Casa da Memória Padre Bauer. Também sempre apreciou a leitura. Ela tinha 18 anos nesta fotografia e morou a maior parte da sua vida em São Mateus do Sul.

Com a ascensão de Getúlio Vargas ao poder em 1930, ocorreu a aprovação do Código Eleitoral (Decreto n°21076), em 24 de fevereiro de 1932. O que isto significou para os eleitores? Foi estabelecido que o voto seria obrigatório e secreto, além de serem abolidas as restrições de gênero ao voto. As mulheres, e aí temos uma são-mateuense de coração, conquistaram o direito de voto no Brasil, fazendo do nosso país o primeiro na América Latina a conceder o sufrágio feminino. Leonilda Kantor votou em duas eleições com este título, 1934 e 1935.

Referências:

https://brasilescola.uol.com.br/historiab/voto-feminino-no-brasil.htm
Acervo da Casa da Memória Padre Bauer.

Últimos posts por Hilda Jocele Digner (exibir todos)

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
A saudosa corrida automobilística de 1968
FOTOGRAFIA POSTAL: “SÃO MATHEUS” 1906
CAPA DE REVISTA