Artigo de Opinião

É na simplicidade que concretizamos os momentos mais bonitos

Nesta edição, se faz presente uma matéria sobre a festa que aconteceu na comunidade da Água Branca neste último final de semana, e a cada ano que passa, o caminho que é feito pelas estradas no interior de São Mateus do Sul me surpreende mais.

Já fazem uns 5 anos que acompanho a minha família nesta carreata, e confesso que quando me falavam sobre esse tradicionalismo todo eu não esperava que seria tão bonito e singelo. Neste caminho são preparados “pontos de parada” para a benção da família e das sementes para desejar uma boa colheita no ano que virá.

A forma de organização com enfeites, balões, folhetos, pétalas de rosas de cada casa se torna tão visível nas paradas para a benção, que me fazem acreditar nas formas tão simples que tornam o momento único.

Cartazes com palavras bonitas, bandeirinhas cravadas pela estrada de chão batido, casas que não são pontos de parada para a carreata, mas que da mesma maneira enfeitam a faixada e o caminho percorrido, me faz perceber que: não precisamos ser exaltados para fazermos algo que nos faz bem.

São em momentos como este, de simplicidade que tudo se torna real. A emoção no rosto de cada morador que tirou um tempinho para preparar com tanto detalhe a demonstração de fé me faz torcer para que daqui 10, 20 anos, esse tradicionalismo embasado na simplicidade não se perca no meio de tanta distração que percorrem os últimos tempos.

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Ai se eu tivesse medo de cara feia
Somos analfabetos quando o assunto é sentimento
A energia não é transmitida apenas pela tomada