Política e Cidadania

Em São Mateus do Sul, 32.779 eleitores vão às urnas no domingo

Mais de 144 milhões de brasileiros irão às urnas no próximo domingo (2) para escolha de prefeitos, vice-prefeitos e vereadores. No dia da votação, em São Mateus do Sul, 32.779 eleitores vão às urnas em 106 seções eleitorais, distribuídas em 53 locais de votação. Em Antonio Olinto, serão 6.690 eleitores votando em 21 seções, distribuídas em 13 locais. Mais de 400 mesários vão trabalhar nestas eleições em São Mateus do Sul, e 84 em Antonio Olinto.

Conforme informações do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR), atualmente, o Paraná tem 7.869.450 eleitores, 5.044 locais de votação e 26.524 seções. São mais de 29 mil candidatos a vereador e quase 1,1 mil candidatos a prefeito no estado.

Candidatos

Fotos: Gazeta Informativa

Fotos: Gazeta Informativa

Em São Mateus do Sul, quatro candidatos disputam o cargo de prefeito, sendo eles Clóvis Distéfano (PSC), Hemerson Baptista (PC do B), Luiz Adyr Gonçalves Pereira (PSDB) e Francisco Luiz Ulbrich, o Tiquinho (PMDB) e 106 buscam uma das nove cadeiras da Câmara Municipal.

Fotos: Divulgação

Fotos: Divulgação

Em Antonio Olinto, tem apenas dois candidatos a prefeito, Fabio Machiavelli (PMDB) e Valdir Bech (PSC) e 33 a vereador.

Horário de votação

O horário da votação será das 8h às 17h (horário local), tanto no primeiro quanto no segundo turno. Havendo fila, às 17h, será fornecida senha que permitirá votar.

Justificativa do voto

O eleitor que não estiver na cidade onde vota pode justificar a ausência. Para isso, é preciso levar o título de eleitor e documento de identificação com foto até a sessão eleitoral mais próxima. Também é possível apresentar a justificativa até 60 dias após a votação. É necessário justificativa para cada turno em que o eleitor foi ausente. No site do TSE também é possível imprimir o Requerimento de Justificativa Eleitoral. O eleitor terá de preencher o formulário e assiná-lo na presença de um mesário, em qualquer local destinado ao recebimento de justificativa eleitoral no dia da votação.

Orientações da 12ª Zona Eleitoral

Documento oficial com foto é obrigatório para votar no dia 02 de outubro! A exigência está prevista em lei e o Presidente da seção eleitoral não autorizará o eleitor a votar caso não apresente o documento oficial com foto, mesmo sendo parente, vizinho, amigo, pessoa pública, candidato, autoridade, etc. A regra não comporta exceções e vale para todos! São aceitos: carteira de identidade, passaporte ou outro documento oficial com foto, de valor legal equivalente, inclusive carteira de categoria profissional reconhecida por lei (CREA, OAB, CRM, etc), certificado de reservista, carteira de trabalho, carteira nacional de habilitação, não se admitindo certidão de nascimento ou de casamento.

Anote o número do seu candidato a vereador e a prefeito em uma colinha para que você não tenha dificuldade na hora de votar! No Cartório Eleitoral você poderá obter as colinhas e formulários de justificativa!

O uso de celular e de máquina fotográfica são proibidos na cabina de votação, para assegurar o sigilo do voto. Cabe à mesa receptora de votos monitorar o uso desses objetos enquanto o eleitor estiver votando.

O voto é sigiloso. Ninguém ficará sabendo em quem o eleitor votou! Por isso, não acredite se alguém lhe fala que vai conferir em quem você votou depois da eleição, porque isso não é possível.

Para justificar o voto não esqueça: você deverá comparecer a uma seção eleitoral portando documento oficial com foto e seu título de eleitor. Somente poderá justificar quem estiver fora do município de votação.

Propaganda eleitoral no dia da eleição é crime! Apenas o eleitor pode usar broche, dístico ou adesivo e portar bandeira, da preferência do eleitor por partido político, coligação ou candidato, mas somente de forma individual e silenciosa, pois comentários a respeito de candidatos no dia da eleição e aglomeração de pessoas é considerado crime de boca de urna! Os mesários e secretários de prédio estão autorizados a solicitar a presença das forças policiais no caso de ver verificado qualquer tipo de propaganda eleitoral no dia da eleição!

Partidos políticos e candidatos são proibidos de fornecer transporte ou refeição a eleitores no dia da eleição! O transporte irregular de eleitores no dia da eleição também é crime, portanto, não aceite carona de candidatos, fiscais e de cabos eleitorais. A Justiça Eleitoral disponibilizará transporte gratuito de eleitores por meio de veículos identificados com a tarjeta “A serviço da Justiça Eleitoral” e as linhas disponíveis e os horários poderão ser consultados diretamente no Cartório Eleitoral ou através do telefone 3532-1056.

Jogar santinhos ou outro material de propaganda no local de votação ou nas ruas próximas, ainda que na véspera da eleição, é ilegal. Será aplicada multa contra o infrator e este também responderá pelo crime de boca de urna.

Apuração das Eleições 2016

O resultado das eleições deve sair até 18h30, de domingo (2), estimado para São Mateus do Sul e Antonio Olinto.  O resultado de todas as seções de Antonio Olinto serão transmitidos do Colégio Duque de Caxias, mas é só transmissão de lá, e não apuração, o que ocorrerá no fórum eleitoral de São Mateus do Sul. O auxiliar da justiça eleitoral que vai fazer a transmissão e não terá acesso aos votos.

O eleitor vai poder acompanhar em tempo real a apuração dos resultados das Eleições Municipais 2016 de quatro formas diferentes. A primeira delas pelo “Divulga”, sistema produzido pela Justiça Eleitoral para o acompanhamento dos resultados de votação de candidatos, partidos e coligações das eleições.

O “Divulga” permite a visualização dos dados por meio de várias consultas. Na versão desktop, o Divulga oferece maior gama de informações, permitindo ao usuário consultar os resultados de todos os municípios. “O Divulga é um software instalável, que se encontra disponível para download gratuito na página do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em versões para Windows e Linux”, explica o chefe da Seção de Totalização e Divulgação de Resultados do TSE, Júlio Valente.

App Resultados

Outra forma de acompanhar a apuração dos resultados em tempo real é pelo aplicativo (App) “Resultados”. O App desenvolvido para tablets e smartphones pode ser baixado gratuitamente nas lojas Google Play (Android) e Apple Store (IOS). Por meio dele, é possível acompanhar os dados de cada município com a indicação dos eleitos ou dos que foram para o segundo turno (no caso dos municípios com mais de 200 mil eleitores). Os resultados do primeiro turno serão divulgados a partir das 17h (horário local) do dia 2 de outubro.

App Boletim na Mão

Outra possibilidade é via aplicativo “Boletim na Mão”, também disponível para download gratuito nas lojas Google Play e Apple Store. A ferramenta permite que o resultado do pleito municipal de 2016 seja conferido por meio do código QR – um código de barras em 2D que pode ser escaneado pela maioria dos aparelhos celulares que têm câmera fotográfica.

“Assim que acaba a eleição, o resultado da votação já é público. A urna emite o Boletim de Urna (BU), que o eleitor pode conferir no próprio local de votação. Agora, com o QR-Code, ele vai poder escanear uma cópia do BU e levar para casa o resultado da sua seção eleitoral no seu aparelho celular. Com a cópia do BU em mãos, o eleitor pode conferir no site do TSE se aquele boletim foi totalizado pelo Tribunal”, esclarece o chefe da Seção de Voto Informatizado do TSE, Rodrigo Coimbra.

DivWeb

O DivWeb apresenta o mesmo conteúdo do aplicativo “Resultados”, mas permite ao usuário acompanhar a apuração do resultado das eleições pela internet, sem necessidade de instalação de qualquer software adicional em seu computador.

De acordo com Júlio Valente, “a divulgação de resultados acontece em tempo real durante o recebimento dos dados. Os resultados são recebidos por meio de arquivos que saem das urnas eletrônicas e são recebidos pelos Tribunais Regionais Eleitorais. Nesses tribunais, ocorrem as totalizações de tempos em tempos. Cada totalização é compartilhada por meio de conteúdo na internet”.

Confira as rotas do transporte gratuito para eleitores no dia da eleição, de São Mateus do Sul e Antonio Olinto, com saída, respectivamente, do Fórum Eleitoral de São Mateus e da Prefeitura de Antonio Olinto:

rotas-sms-e-aorotas-ao

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Projeto de lei do executivo municipal prevê o auxílio financeiro de quase R$ 1 milhão para a construção do novo Hospital
Vereadores aprovam adequação à legislação municipal que dispõe sobre remuneração, cargos e salários do magistério
Sessões solenes marcam diplomações dos novos prefeitos, vices e vereadores de São Mateus do Sul e de Antonio Olinto

Os comentários estão fechados