Educação e Cultura

Encerrada com chave de ouro as festividades do mês polonês

Foto: Divulgação

Celebração com a presença do quadro de Nossa Senhora de Czestochowa Paranska. (Foto: Divulgação)

A 22ª edição da Tradycje Polskie foi encerrada com chave de ouro, domingo (30), com a tradicional festa em louvor a Nossa Senhora Czestochowa Paranska, padroeira da Polônia. O encontro foi junto à igreja centenária da Água Branca. Às 7h30, aconteceu a celebração com a presença do quadro de Nossa Senhora de Czestochowa Paranska e o plantio de uma muda de carvalho no local da futura capela de São João Paulo II, na Colônia Taquaral. Em seguida houve uma carreata com a Santa até a comunidade de Água Branca onde foi plantado uma muda de Carvalho e logo após, a missa e a grande festa de encerramento do mês polonês.

O mês polonês

São Mateus do Sul contou com uma programação especial durante todo o mês de agosto, com a 22ª edição da Tradycje Polskie, o mês da cultura polonesa. Foram realizadas palestras, exposições, peregrinação do quadro de Nossa Senhora de Czestochowa nas comunidades do município, celebrações e festas com o intuito de resgatar e valorizar as tradições e histórias de uma das principais bases históricas e culturais do município.

Abertura oficial  do mês polonês. (Foto: Assessoria PMSMS)

Promovido pelo núcleo municipal da Braspol, entidade de representação da comunidade polonesa no Brasil, a Tradycje Polskie teve início sábado (1º de agosto), com a abertura oficial do mês da cultura polonesa. A cerimônia aconteceu às 10h, em frente à Prefeitura Municipal. Logo após a cerimônia, foi realizada uma carreata pelo centro da cidade, anunciando o início do mês da cultura polonesa. O mês polonês foi uma realização da Braspol, com o apoio da Prefeitura de São Mateus do Sul, através da Secretaria Municipal de Educação e Cultura; da Fundação Cultural; da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL); do Rotary Club Xisto do Iguaçu; da Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de São Mateus do Sul (ACIASMS); e demais entidades e empresas parceiras.

Ainda no sábado (1º de agosto), à noite, aconteceu o baile polonês com a escolha da Rainha, 1ª e 2ª princesa, no Centro Polônico Marcelo Janowski (Cepom). No domingo, dia 02, a paróquia Nossa Senhora de Czestochowa, na Vila Nepomuceno, realizou a Festa da Colheita.

Foto: Assessoria PMSMS

Dois eventos foram realizados com êxito, na penúltima semana da programação do mês da cultura polonesa. O primeiro aconteceu quinta-feira, dia 20, sendo uma palestra ministrada pelo escritor e colunista do jornal Gazeta Informativa, Gerson Cesar Souza, nas dependências do Salão Nobre do Colégio Estadual Duque de Caxias, quinta-feira, que lotou o salão. Com o tema “Os Guerreiros Poloneses de São Mateus do Sul”, o escritor resgatou histórias de importantes imigrantes que ajudaram a construir o município no século XIX. A palestra foi muito elogiada por todos. Um verdadeiro show de informação e conhecimento. Dentre as várias autoridades presentes no evento, destacou a visita do Cônsul Geral da Polônia, em Curitiba, mais especificamente, a presença do Senhor Marek Makowski.

Foto: Assessoria PMSMS

O Jantar Típico Polonês foi a outra grande atração do final de semana, que marcou a penúltima semana da 22ª Tradycje Polskie, realizado sábado, dia 21, no Salão Paroquial da Igreja Matriz e que trouxe um variado e delicioso cardápio com a culinária típica da Polônia. Com a parceria do Rotary Xisto do Iguaçu (coordenação), e da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), a Braspol avalia o evento como um dos melhores dos últimos anos. Com um público estimado em 300 pessoas, o evento teve uma belíssima decoração e uma organização que proporcionou conforto e bem estar à todos. “Objetivo cumprido”, disse o presidente da Braspol, Crisanto Cavalcante, referindo-se aos propósitos da Braspol e parceiros, de divulgarem com muito carinho a cultura polonesa do município. Destacou a presença da Presidente Nacional da Braspol, senhor Rizio Wachowicz e da senhora Danuta de Abreu, coordenadora do Parque João Paulo II, em Curitiba. O coral do grupo Karolinka se apresentou nos dois eventos.

Ocorreu uma palestra, na sexta-feira, dia 28, no Salão Nobre do Colégio Duque de Caxias, com o título “Paisagem Cultural da Água Branca”, proferida pela geógrafa Liliane Lucena. A exposição João Paulo II fica até o final da semana na comunidade de Água Branca, enquanto a exposição Wycinanki se estende até setembro na Casa da Memória Padre Bauer.

História e Influência

A influência da cultura polonesa em São Mateus do Sul é facilmente identificável. Seja na arquitetura de casas e igrejas; na presença de monumentos à memória de poloneses que fizeram história; ou no modo de falar de muitos que mantêm costumes e tradições de seus antepassados que vieram para o Brasil.

O Paraná é um dos estados que mais recebeu imigrantes no século XIX. Um grande número de famílias se estabeleceu em São Mateus do Sul a partir de 1890, contribuindo para o desenvolvimento do município e reconfigurando as relações sócio-culturais da região. Em 1990, o município comemorou o centenário da imigração em São Mateus do Sul.

Baile polonês com a escolha da Rainha, 1ª e 2ª princesa, no Centro Polônico Marcelo Janowski (Cepom). (Foto: Tec Color)

Com informações da Assessoria PMSMS

Redação
Últimos posts por Redação (exibir todos)

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Grupo Karolinka participará de sessão da Câmara nesta segunda (1º)
Voltas às aulas presenciais em São Mateus do Sul
Colégio São Mateus promoverá mais uma edição do Dia do Anjo e a comunidade está convidada para participar