Pela forte procura da atividade, o grupo planeja a segunda missão em 2020. (Fotos: Divulgação)

Entre os dias 26 e 29 de junho, representantes de São Mateus do Sul e das localidades da região estiveram participando da I Missão Técnica Yerba Mate – Argentina 2019, que teve como objetivo gerar conteúdo para atores da cadeia produtiva de erva-mate, com a troca de experiências e networking – capacidade de estabelecer uma rede de contatos e de conexão. Os pacotes de viagem foram custeados por cada participante.

Durante a viagem, a equipe conheceu a Liebig, maior cooperativa de erva-mate do mundo e a Las Marias, maior indústria do mesmo ramo. A equipe teve o contato com os viveiros e campos de experimento das empresas, conhecendo de perto a metodologia de produção. Houveram também palestras do Instituto Nacional de Tecnologia Agropecuária (INTA) e Instituto Nacional de la Yerba Mate (INYM), além de visitas à La Ruta Del Té (Caminho do Chá) e participação de eventos típicos regionais.

De acordo com a equipe do DataMatte, uma das organizadoras da missão junto da Inovamate Agrotecnologia, a missão focou em um roteiro técnico, evidenciando o que a cultura da erva-mate proporciona para os argentinos. “A ideia inicial é que os participantes observem, entendam e façam um balanço sobre o que está correto e o que se pode melhorar em suas atividades e territórios”, enfatiza a equipe do DataMatte, que destaca que a proposta da missão vai além quando é possível observar as pessoas e instituições que participaram da missão colocando em prática o que foi compartilhado.

Segundo Helinton Lugarini, um dos representantes do DataMatte, o objetivo da missão foi alcançado. “Pelo retorno que tivemos o nosso setor da erva-mate tende a ter cada vez mais pessoas capacitadas trabalhando pelo bom desenvolvimento da região em torno da erva-mate”, diz.

Por conta da procura na missão em 2019, a equipe estará organizando a II Missão Técnica Yerba Mate – Argentina no ano de 2020, com data ainda a ser definida. Os interessantes podem entrar em contato através do link: rebrand.ly/MissaoTecnicaYerbaMate, ou através das redes sociais do DataMatte, facebook.com/datamatte.

Quem esteve na Missão

Fizeram parte do grupo produtores e representantes de 10 indústrias de erva-mate do Paraná e Santa Catarina: Representantes da Emater/PR; Representantes do Sebrae/PR; Representantes da IG-Mathe (Indicação Geográfica da Erva-mate São Matheus); Presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de São Mateus do Sul; Presidente da Associação Comercial Industrial e Agropecuária de São Mateus do Sul (ACIASMS); Representantes do Núcleo de Desenvolvimento e Empreendedorismo (NDE); Deputado Estadual da região; Chefe regional do IAT (antigo IAP); Presidente do Sindimate/PR; Presidente do Cogemate e ABEM; Prefeito de São Mateus do Sul e Bituruna; Vereador de Bituruna; Secretário de Agricultura de São Mateus do Sul, São João do Triunfo e União da Vitória.

Estudante de Jornalismo que adora escrever e conhecer um pouco sobre a vida e a história de cada pessoa envolvida. Preza pela essência que é repassada na produção de cada matéria, valoriza os pequenos gestos e apoia o ativismo ambiental. E-mail para contato: claudia@gazetainformativa.com.br

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Vice assume prefeitura de São Mateus do Sul durante férias do prefeito
São Mateus do Sul tem novo delegado
Envelopes com as propostas para a pavimentação da PR-364 foram abertos na terça-feira (18)

Deixe seu comentário

*